Mercado abrirá em 7 h 12 min

Lançamentos de fundos negociados em bolsa bate recorde nos EUA

(Bloomberg) -- Inabaláveis diante da liquidação dos mercados, os emissores de fundos negociados em bolsa nos EUA lançam novos produtos a um ritmo sem precedentes, impulsionados pela nova categoria de ETFs de ações únicas.

Nos primeiros oito meses deste ano, 273 fundos estrearam nas bolsas americanas, superando os números para o mesmo período nos anos precedentes, segundo dados compilados pela Bloomberg. O número ultrapassou até mesmo os 259 lançamentos nos primeiros oito meses do ano passado, quando os ETFs atraíram fluxos recordes em um mercado de ações em alta.

O crescimento deste ano foi em parte impulsionado pelo boom dos ETFs de ações únicas, um novo tipo de produto que oferece aos emissores a oportunidade de cobrar taxas mais altas. Eles vão desde fundos alavancados em Tesla a ETFs que oferecem exposição a empresas estrangeiras inacessíveis e outros que apostam contra as chamadas ‘meme stocks’.

Embora autoridades da SEC, a CVM dos EUA, tenham alertado sobre os riscos desses produtos, elas não impediram que eles chegassem ao mercado. Pelo menos 17 já foram listados e mais de 200 foram propostos.

Os ETFs de ações únicas podem levar a um explosão no número de produtos, disse Jillian DelSignore, chefe de vendas na FLX Networks.

O boom de produtos mostra que, apesar da profunda queda nos mercados, que eliminou quase US$ 1 trilhão no valor de ativos administrados por ETFs nos EUA, os gestores continuam a ver oportunidades nesse segmento.

“Acho que mostra confiança”, disse DelSignore. As gestoras “continuam a olhar para este invólucro como o futuro, independentemente de como possa estar a volatilidade do mercado”.

Além de fundos de uma única ação, os emissores também criam outros produtos. Com a disparada da inflação, há propostas de fundos que usarão estratégias baseadas em ações para oferecer fluxos estáveis de rendimentos e fundos que permitem aos investidores apostar na volatilidade.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.