Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    16.962,94
    -39,46 (-0,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Lançamento de missão à Lua com lander japonês e rover árabe é adiado

A japonesa ispace anunciou nesta segunda-feira (31) que o lançamento da missão Mission 1 (M1), que levará o rover árabe Rashid 1 e outras cargas úteis à Lua, foi adiado. A missão seria lançada com um foguete Falcon 9, da SpaceX, entre os dias 9 e 15 de novembro, mas com a mudança, o lançamento não deverá acontecer antes do dia 22.

“Esta data de lançamento atualizada permite melhor preparação para a missão se considerarmos o cronograma de abastecimento de combustível para o lander, junto da disponibilidade de datas”, escreveram. A decisão foi tomada junto da SpaceX, e uma nova data será anunciada assim que estiver definida.

O rover Rashid 1, dos Emirados Árabes (Imagem: Reprodução/Mohammed bin Rashid Space Centre)
O rover Rashid 1, dos Emirados Árabes (Imagem: Reprodução/Mohammed bin Rashid Space Centre)

Como o nome indica, a M1 será o primeiro voo espacial da ispace. “Esta missão será um primeiro passo histórico não apenas para a nossa empresa, mas também para o desenvolvimento de uma economia cislunar”, disse Takeshi Hakamada, CEO e fundador da companhia.

Quando for lançada, a M1 levará diferentes cargas úteis comerciais e governamentais com destino à superfície lunar. Entre eles, estão dois rovers: um deles é um pequeno robô com rodas, operado pela agência espacial japonesa JAXA. O outro é o Rashid 1, um rover que deverá passar um dia lunar (cerca de 14 dias na Terra) investigando o ambiente eletricamente carregado da Lua.

A missão M1 será operada pelo Centro de Controle da Missão em Tóquio, que irá acompanhar a orientação do lander Hakuto-R, sua situação e outras condições. O Centro será responsável também por enviar comandos e dados ao lander, recebendo imagens e dados de telemetria durante a viagem à Lua e da superfície do nosso satélite natural.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: