Mercado abrirá em 6 h 8 min
  • BOVESPA

    106.419,53
    -2.295,02 (-2,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.206,59
    +372,79 (+0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,89
    -0,76 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.787,40
    -6,00 (-0,33%)
     
  • BTC-USD

    60.943,46
    -1.504,04 (-2,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.485,78
    -19,37 (-1,29%)
     
  • S&P500

    4.574,79
    +8,31 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    35.756,88
    +15,73 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.277,62
    +54,80 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    25.628,85
    -409,42 (-1,57%)
     
  • NIKKEI

    29.060,16
    -45,85 (-0,16%)
     
  • NASDAQ

    15.558,00
    +13,00 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4582
    +0,0041 (+0,06%)
     

Lançamento deste satélite do tamanho de um micro-ondas rumo à Lua é adiado

·2 minuto de leitura

O lançamento do pequeno satélite CAPSTONE, até então previsto para o início de 2022, não acontecerá antes de 19 março de 2022, segundo a NASA. O CubeSat de apenas 25 kg, desenvolvido pela Advanced Space, realizará a missão de voar ao redor da Lua em uma órbita quase retilínea para testar a mesma trajetória que será usada pela estação orbital lunar Gateway — a qual apoiará os astronautas do Programa Artemis nos próximos anos.

Segundo a Rocket Lab, responsável pelo lançamento do CubeSat, esse é mais um atraso em seu cronograma provocado pelas paralisações da pandemia na Nova Zelândia, onde a empresa desenvolve seus voos. O Centro de Pesquisas Ames, da NASA, informou, nesta quarta (13), que o Cislunar Autonomous Positioning System Technology Operations and Navigation Experiment (CAPSTONE) será lançado em março do próximo ano.

(Imagem: Reprodução/NASA/Rocket Lab/Advanced Space)
(Imagem: Reprodução/NASA/Rocket Lab/Advanced Space)

O CAPSTONE é um CubeSat formado por 12 unidades que testará a órbita quase retilínea ao redor da Lua, a qual a NASA pretender aplicar ao portal lunar Gateway. O executivo do programa de Sistemas de Exploração Avançada da agência norte-americana, Andres Martinez, revelou que o lançamento não acontecerá antes de 19 de março de 2022.

O presidente-executivo da Rocket Lab, Peter Beck, informou que a série de atrasos no cronograma se deve às amplas restrições por conta da pandemia aplicadas pelo governo da Nova Zelândia. Segundo Beck, medidas mais flexíveis permitiram a retomada das atividades. Agora, a empresa planeja realizar três lançamentos seguidos para a operadora de inteligência geoespacial BlackSky — por enquanto, só o primeiro tem data, marcada para 11 e 24 de novembro.

Beck também revelou que a empresa tinha cinco lançamentos previstos para o quarto trimestre deste ano, mas tudo indica que apenas dois deles ocorrerão no prazo e tudo dependerá da prontidão de seus clientes e da situação da pandemia na Nova Zelândia.

O CAPSTONE será lançado a partir do Launch Complex 2, da Rocket Lab, no Porto Espacial Regional Mid-Atlantic em Wallops Island, Virginia.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos