Mercado abrirá em 3 h 43 min
  • BOVESPA

    122.964,01
    +1.054,98 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.655,29
    -211,86 (-0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,67
    +0,39 (+0,60%)
     
  • OURO

    1.833,90
    -2,20 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    56.875,72
    +1.362,27 (+2,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.542,96
    +1.300,29 (+535,80%)
     
  • S&P500

    4.152,10
    -36,33 (-0,87%)
     
  • DOW JONES

    34.269,16
    -473,66 (-1,36%)
     
  • FTSE

    6.989,25
    +41,26 (+0,59%)
     
  • HANG SENG

    28.231,04
    +217,23 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    28.147,51
    -461,08 (-1,61%)
     
  • NASDAQ

    13.274,75
    -71,25 (-0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3379
    -0,0075 (-0,12%)
     

LafargeHolcim contrata Itaú para vender ativos no Brasil: Fontes

Aaron Kirchfeld, Cristiane Lucchesi e Kiel Porter
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A LafargeHolcim, maior fabricante de cimento do mundo, contratou o Banco Itaú BBA como assessor na venda de sua unidade brasileira por um valor de até US$ 1,5 bilhão, disseram pessoas com conhecimento do assunto.

A empresa pode vender todas as fábricas locais a um único comprador ou dividir os ativos, disseram as pessoas, pedindo para não serem identificadas, pois as negociações não são públicas. A empresa tem cerca de 1.400 funcionários no Brasil, de acordo com seu website.

A LafargeHolcim e o Itaú não quiseram comentar.

Sob o comando do presidente Jan Jenisch, a franco-suíça LafargeHolcim tem vendido ativos que não contribuem para suas operações principais em um esforço para reduzir os níveis de dívida. Desde um plano de recuperação anunciado em 2018, a empresa com sede na Suíça tem se concentrado em cortar atividades fora da Europa e vendeu unidades em países como Indonésia, Malásia e Filipinas.

Após anos de retração, as vendas de cimento no Brasil estão retomando o crescimento, pois as construtoras estão se mantendo ativas durante a pandemia de Covid-19 e há muitas reformas de imóveis em curso. As vendas nos 12 meses até março de 2021 alcançaram 62,9 milhões de toneladas, um aumento de 15% em relação aos 12 meses anteriores, disse o sindicato nacional de produtores de cimento SNIC. A ociosidade continua grande, pois a capacidade de produção de cimento no Brasil é de 100 milhões de toneladas, disse o SNIC.

A LafargeHolcim tem 12 fábricas no Brasil, de acordo com o SNIC.

As ações da LafargeHolcim subiram quase 60% nos últimos 12 meses, dando à empresa um valor de mercado de 35 bilhões de francos suícos (US$ 38 bilhões).

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.