Mercado fechado

Lady Gaga anuncia doação para organizações antirracistas nos EUA e critica a polícia

Lady Gaga (Photo by Neilson Barnard/Getty Images for Daily Front Row)

Lady Gaga veio a público anunciar doação para 10 organizações antirracistas que apoiam manifestantes presos durante os atos contra o assassinato de George Floyd, cidadão negro sufocado por um policial branco nos Estados Unidos. Em uma longa declaração no Instagram, a cantora pop falou sobre o racismo e a brutalidade dos agentes de segurança pública.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

"Estamos mais uma vez testemunhando a evidência devastadora e inegável da brutalidade policial, e do preconceito de promotores e políticos locais. Eu desejo que as famílias das vidas negras que foram tiradas de nós possam ver justiça e cura, embora acredite que muitos de nós saibamos que não podemos prometer isso a elas", escreveu Gaga.

Leia também

"Eu aplaudo os cidadãos corajosos desta nação, que estão falando sobre tudo isso, e apoio as vozes nunca apoiadas da comunidade negra. Eu desejo que suas vozes sejam ouvidas altas e claras, que eles se sintam amados e amplificados pelos seus aliados", disse. A artista ainda pediu a punição aos policiais envolvidos em casos de discriminação racial e mostrou pouca confiança na Justiça dos Estados Unidos.

"Por causa das vozes das pessoas, um princípio sobre o qual o nosso país foi fundado, todos os quatro policiais que participaram do assassinato brutal e racista de George Floyd agora estão presos. Eu espero que todos os policiais que participam ou já participaram de qualquer atividade racista sejam punidos pela lei e ordem, embora saibamos que a lei e ordem neste país é predicada no racismo e na corrupção", concluiu.

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.