Mercado fechado

Ladrões roubam 1 bilhão em joias na Alemanha; entenda o assalto

(Sebastian Kahnert/dpa via AP)

Dois ladrões roubaram joias com diamante e rubi no valor de 1 bilhão de euros de um museu de Dresden, no leste da Alemanha, pouco antes do amanhecer desta segunda (25), informou a sua diretora, Marion Ackermann.

Os invasores cortaram o fornecimento de eletricidade no Museu Grünes Gewölbe (cofre verde) -que abriga uma das maiores coleções de joias barrocas da Europa e fica localizado dentro de um castelo, o Palácio Real-, e roubaram três peças do século 18, fugindo logo em seguida.

Leia também

Pouco antes do roubo, um incêndio destruiu um transformador elétrico perto da instituição, interrompendo o sistema de alarme. Os investigadores, no entanto, se recusaram a vincular os dois eventos.

A polícia isolou o museu e disse que ainda estava tentando descobrir quais peças exatamente foram roubadas. "Nós não identificamos um criminoso e nem fizemos nenhuma prisão", disse o porta-voz Marko Laske.

O museu não comentou até o momento. 

O roubo foi um golpe para todo o estado, disse o ministro presidente da região da Saxônia, Michael Kretschmer. "As obras no museu e no palácio foram construídas pelo povo da Saxônia com muitos séculos de trabalho duro", disse ele.

Da FOLHAPRESS