Mercado abrirá em 5 h 18 min

Laboratório encontra em São Paulo mutação do coronavírus que surgiu no Reino Unido

·1 minuto de leitura
3d visualization of corona virus scene
Getty Images

O laboratório de diagnóstico Dasa informou que encontrou dois casos da nova variante do coronavírus em São Paulo. Segundo informações divulgadas pela empresa nesta quinta-feira, 31, a cepa é a mesma que já circula no Reino Unido.

A variante é chamada de B. 1. 1. 7 e já foi registrada em pelo menos 17 outros países. A Vigilância Sanitária e o Instituto Adolfo Lutz já foram informados sobre a descoberta.

O que se sabe é que essa mutação é 56% mais contagiosa do que a que circulava no país. A diferença é a maneira como o vírus se fixa nas células humanas. No entanto, ainda não há provas de que a variante seja mais letal que outras cepas do coronavírus ou que seja resistente às vacinas.

Leia também

Segundo o laboratório Dasa, a nova cepa chegou ao Brasil em dezembro, próximo a data em que o Reino Unido publicou as primeiras informações sobre a mutação do vírus. Foram analisadas 500 amostras de RT-PCR de saliva, o que confirmou que há pessoas com essa cepa de coronavírus no Brasil.

No Reino Unido, a nova cepa representa mais de 50% dos novos casos diagnosticados no país, de acordo com a Organização Mundial da Saúde.