Mercado abrirá em 4 h 10 min
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,84
    +0,48 (+0,66%)
     
  • OURO

    1.787,10
    +1,60 (+0,09%)
     
  • BTC-USD

    50.057,88
    -516,31 (-1,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.308,71
    +3,60 (+0,28%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    24.265,06
    +268,19 (+1,12%)
     
  • NIKKEI

    28.725,47
    -135,15 (-0,47%)
     
  • NASDAQ

    16.392,00
    -0,25 (-0,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2684
    -0,0057 (-0,09%)
     

Laboratório Johnson & Johnson anuncia plano de se dividir em dois

·1 min de leitura
Doses de vacina anticovid-19 produzidas pelo grupo Johnson & Johnson, em Durban, ma África do Sul, em 24 de setembro de 2021 (AFP/Rajesh JANTILAL)

O laboratório americano Johnson & Johnson anunciou, nesta sexta-feira (12), planos de se dividir em duas entidades, transformando seu ramo de produtos de higiene e de medicamentos sem prescrição médica em uma empresa separada.

Isso implicará a criação de "dois líderes mundiais que estarão mais bem posicionados para oferecer melhores resultados de saúde para pacientes e consumidores por meio da inovação", disse a J&J em um comunicado.

Esta a terceira grande empresa que anuncia, esta semana, um plano para dividir seu negócio, depois da General Electric e da Toshiba.

A J&J planeja concluir sua separação no período de 18 a 24 meses, criando duas empresas diferentes de capital aberto.

De acordo com seu diretor-executivo, Alex Gorsky, disse que a decisão foi tomada após uma "avaliação integral".

O conselho e a gerência consideram que a divisão é "a melhor maneira de acelerar nossos esforços para atender pacientes, consumidores e profissionais de saúde, criar oportunidades para nossa talentosa equipe global, crescimento com benefícios e - o mais importante - melhorar os resultados dos cuidados de saúde para as pessoas ao redor do mundo", afirmou ele.

Gorsky acrescentou que a separação "destaca nosso foco em proporcionar inovações-líderes na indústria do setor biofarmacêutico e de equipamentos médicos, com o objetivo de trazer, para o mercado, novas soluções para pacientes e sistemas de saúde, enquanto se cria um valor sustentável para os acionistas".

A empresa disse ainda que seus 136.000 funcionários em todo mundo "continuarão sendo a espinha dorsal deste negócio".

md/lth/lda/yow/tt

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos