Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.259,45
    -2.831,26 (-5,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Lázaro Ramos fala da 'separacão profissional' na TV da mulher, Tais Araújo: 'Muito da nossa felicidade veio junto do trabalho'

·1 min de leitura

A sintonia e parceria ocorre dentro de casa e também no campo profissional. Um bom exemplo da dobradinha de sucesso que é Lázaro Ramos e Taís Araújo é a série "Mister Brau", que foi estrelada pelos dois na telinha. Na TV, porém, houve uma "separação profissional", depois que o artista foi para um serviço de streaming. Lázaro falou sobre esse momento do casal.

"A gente não conversou muito (sobre a mudança). Mas para mim foi uma questão, sim. Gosto de trabalhar com Taís, temos sintonia. Nos últimos anos, muito da nossa felicidade veio junto do trabalho. Mas ela será minha parceira de qualquer modo porque, fora da TV, temos projetos no teatro e na publicidade", afirma ele, em entrevista à revista "Veja".

Lázaro também se prepara para sua estreia como diretor com o filme "Medida Provisória". O longa é baseado em um futuro distópico, em que um governador brasileiro expulsa os cidadãos negros do país para a África. A obra é uma adaptação de uma peça teatral: "Namíbia, não", de 2011.

À publicação, ele falou sobre a presença de atores negros em produções, após ser questionado sobre o seu distanciamento em relação a papéis feitos "para atores negros".

"Há exemplos positivos (de melhoras nesse sentido), mas um salto ainda não aconteceu: o de perceber essa questão não como problema, mas potencial criativo", diz Lázaro, que acrescenta: " Quero tratar de diversidade para personagens negros. Estou cansado do debate raso de só inserir negros na TV. Será um salto perceber essa questão não como limitação política, um 'mi-mi-mi' de artistas negros. É um potencial gigantesco de mercado".

Lázaro e Taís são casados há 17 anos. Os dois são pais de João Vicente, de 10 anos, e Maria Antônia, de 6.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos