Mercado fechado

Knot diz que próximo aumento de juros do BCE deve ser de entre 0,50 e 0,75 p.p

Klaas Knot, membro do BCE

AMSTERDÃ (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) pode aumentar seus juros em 0,75 ponto percentual novamente em sua próxima reunião de política monetária em dezembro, disse o membro do Conselho do BCE, Klaas Knot, neste domingo.

O banco central dos 19 países que compartilham o euro elevou a taxa de juros que paga sobre depósitos bancários em 0,75 ponto na semana passada, atingindo 1,5%, nível mais alto desde 2009.

"Vamos dar um passo significativo nos juros novamente em dezembro", disse Knot em entrevista ao programa de TV holandês Buitenhof, acrescentando que o próximo aumento deve ficar entre 0,50 e 0,75 ponto.

"Ainda não chegamos nem ao intervalo (do jogo)", disse Knot sobre a luta do BCE contra o aumento da inflação na zona do euro.

"Ainda estamos retornando os juros ao seu nível neutro, para o qual também precisaremos da reunião de dezembro."

O BCE continuará apertando sua política monetária no próximo ano, disse Knot, em uma tentativa de reduzir a inflação atualmente em cerca de 10% na área da moeda única.

"A partir de 2023, jogaremos o segundo tempo com passos menores nos juros e encolhendo nosso balanço", disse o presidente do banco central holandês.

"Então estaremos na zona em que efetivamente esfriaremos a economia, o que é necessário para reduzir a inflação de 10% para 2% nos próximos 18 a 24 meses."

(Reportagem de Bart Meijer)