Mercado fechará em 5 h 50 min

Knot, do BCE, diz que perspectiva para inflação justifica redução de estímulo-Bloomberg

·1 min de leitura
Membro do BCE Klaas Knot

FRANKFURT (Reuters) - A inflação na zona do euro deve ficar mais perto da meta de 2% do Banco Central Europeu do que estava antes da pandemia de coronavírus, o que justifica uma redução no estímulo monetário, disse o membro do BCE Klaas Knot nesta terça-feira.

"A perspectiva para inflação de hoje é claramente mais favorável do que antes do corona, no sentido de que está mais perto da nossa meta", disse Knot à Bloomberg TV.

"Isso é algo a se levar em conta e também deve ser uma medida para a recalibragem das compras de ativos que precisamos realizar em dezembro."

Seus comentários também estavam em linha com muitos de seus colegas ao prever que o Programa de Compras de Emergência da Pandemia (PEPP) do BCE terminará em março, apesar de novas restrições estarem sendo implementadas para conter infecções por coronavírus.

(Por Francesco Canepa)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos