Mercado fechado

Klabin vende fábrica comprada da IP Embalagens em março por R$ 196 milhões

Stella Fontes

Do valor total, R$ 132 milhões serão recebidos no fechamento da transação; o remanescente será pago em duas parcelas anuais Maior fabricante de papéis para embalagem e embalagens de papelão ondulado do país, a Klabin informou nesta quarta-feira que assinou um acordo para venda de uma fábrica em Nova Campina (SP), comprada da International Paper (IP) Embalagens em março, por R$ 196 milhões para o grupo Klingele Paper & Packaging.

Imagem retirada do Instagram/Klabin

Conforme a companhia, do valor total, R$ 132 milhões serão recebidos no fechamento da transação, que depende, entre outras condições, da aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) da compra dos ativos da IP Embalagens. O remanescente será pago em duas parcelas anuais, com o devido reajuste.

A fábrica de Nova Campina tem capacidade de produção de 162 mil toneladas por ano de papel kraftliner. Segundo a Klabin, a venda da unidade “reforça o racional estratégico do anúncio da aquisição da IP, em enfatizar o foco nas unidades de embalagens — papelão ondulado e papel reciclado — e sua integração com as atuais e futuras máquinas de papéis” da companhia.

Além disso, acrescenta no comunicado, reafirma o compromisso com “sua visão estratégica, disciplina na alocação de capital e geração de valor para seus acionistas”.

A Klabin acertou no fim de março a compra dos ativos industriais da IP Embalagens no Brasil, por R$ 330 milhões. Com essa transação, a companhia americana deixa o mercado brasileiro de embalagens, mas permanece com três fábricas de papéis de imprimir e escrever e florestas no país.