Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.548,46
    -711,29 (-0,70%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.257,59
    -450,13 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    38,57
    -1,28 (-3,21%)
     
  • OURO

    1.904,70
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    12.963,85
    -186,17 (-1,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    258,42
    -5,00 (-1,90%)
     
  • S&P500

    3.388,41
    -76,98 (-2,22%)
     
  • DOW JONES

    27.572,55
    -763,02 (-2,69%)
     
  • FTSE

    5.792,01
    -68,27 (-1,16%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,68 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.494,34
    -22,25 (-0,09%)
     
  • NASDAQ

    11.432,50
    -231,00 (-1,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6425
    -0,0214 (-0,32%)
     

Kid Bengala vira “Trepi$ta” e se torna a voz da pior música do ano

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
Kid Bengala se lança no rap com a música “Trepi$ta” (reprodução)
Kid Bengala se lança no rap com a música “Trepi$ta” (reprodução)

"Eu sou Kid Bengala/Eu tenho fama, eu tenho grana e tô f*** o tempo inteiro". Estes são os versos do refrão de "Trepi$ta", single repleto de piadas de duplo sentido que marca a estreia do ator pornô Bruno Basilio, mais conhecido como Kid Bengala, no rap. Séria candidata ao posto de pior música do ano, a faixa já começa a fazer sucesso.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

O clipe da faixa estreou em julho deste ano no Youtube e já tem uma marca significante de views. Mais de 242 mil pessoas já viram o ator rimar fora do ritmo ao lado de duas modelos. Como se fosse um legítimo trap star, ele ainda aparece jogando notas de dinheiro para o ar e se exibindo com uma arma de brinquedo.

Leia também

Apesar da postura de malvado, o clipe conta com uma mensagem de Basilio logo nos primeiros segundos: "As armas utilizadas neste vídeo clipe são de uso figurativo e desempenham uma função meramente ilustrativa. Em momento algum apoiamos qualquer tipo de apologia ao crime ou à violência". Menos mal.

Apesar de pouco inspirada, "Trepi$ta" contou com a produção profissional de Vinex, da Deck9. "Agora sou 'trap star', vim para f**** a cena", avisa o cantor em um dos versos. Em um ano trágico para a cultural por causa da pandemia do novo coronavírus, torcemos para que o meio musical sobreviva a mais este ataque.

Assista abaixo por sua conta e risco.

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.