Mercado fechado
  • BOVESPA

    118.328,99
    -1.317,01 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.810,21
    -315,49 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,02
    -0,11 (-0,21%)
     
  • OURO

    1.869,60
    +3,70 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    30.984,07
    -3.967,61 (-11,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    608,80
    -71,11 (-10,46%)
     
  • S&P500

    3.853,07
    +1,22 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    31.176,01
    -12,39 (-0,04%)
     
  • FTSE

    6.715,42
    -24,97 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    29.927,76
    -34,74 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    28.756,86
    +233,56 (+0,82%)
     
  • NASDAQ

    13.382,50
    -13,00 (-0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5084
    +0,1004 (+1,57%)
     

KFC terá “frango vegetal” feito com células de galinhas

Marcus Couto
·2 minuto de leitura
Restaurante da KFC em Mecca. Rede planeja "frango vegetal" ainda em 2020. (Foto: REUTERS/Ali Jarekji)
Restaurante da KFC em Mecca. Rede planeja "frango vegetal" ainda em 2020. (Foto: REUTERS/Ali Jarekji)

A rede americana de fast-food KFC anunciou uma novidade “vegetariana-Frankenstein”: um tipo de “carne vegetal” feita em laboratório, a partir de uma tecnologia de “bioimpressão 3D”. Ou seja, a “carne”, baseada em ingredientes vegetais, será “impressa” no formato de nuggets, como iniciativa da empresa em se tornar mais sustentável, e menos agressiva ao meio-ambiente.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Mas a receita da “carne” não contém apenas plantas. Serão usadas também, segundo a empresa, células de galinhas – o que, teoricamente, tira o produto da categoria “vegana”, por usar elementos animais na receita, ainda que celulares.

Leia também

Assim, com essa mistura vegetal e animal, segundo o restaurante, será possível atingir o “sabor” e a “textura” da carne de frango dos produtos que tradicionalmente compõem a linha de alimentos da rede, uma das maiores do mundo.

A novidade será testada primeiro na forma de um “nugget vegetal”, a ser experimentado ainda este ano na Rússia. Isso porque o laboratório responsável pela inovação é de origem russa. Segundo a KFC, a tecnologia é pioneira no mundo, e se os testes forem promissores, e a resposta dos consumidores positiva, essa pode ser a abertura de um novo capítulo na história da franquia.

Grandes redes de restaurantes, como KFC, McDonald’s e Burger King, buscam já há alguns anos soluções alternativas à carne tradicional em seus produtos. Isso porque a indústria do abate e da carne gera um grande impacto no meio-ambiente, sendo foco inclusive do surgimento de doenças fatais com potencial epidêmico.

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.