Mercado abrirá em 5 h 26 min
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,69 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,11 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,99
    +1,73 (+2,61%)
     
  • OURO

    1.784,30
    +0,40 (+0,02%)
     
  • BTC-USD

    48.807,41
    -762,22 (-1,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.255,22
    -186,54 (-12,94%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,72 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.456,66
    -310,03 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    27.927,37
    -102,20 (-0,36%)
     
  • NASDAQ

    15.744,50
    +26,75 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3778
    -0,0175 (-0,27%)
     

Kevin Spacey teve de pagar fortuna a produtora de House of Cards

·1 min de leitura

Kevin Spacey foi condenado a pagar US$ 31 milhões pela sua demissão da Netflix, de acordo com decisão judicial divulgada nesta segunda-feira (22). O ator foi dispensado da empresa em 2017 durante o andamento da série House of Cards, protagonizada por ele, após ser acusado de abuso sexual.

Com as acusações, o MRC, estúdio por trás da série, precisou conduzir investigações para, então, encerrar seus contratos de atuação e produção. Por isso, o caso foi levado aos tribunais e Kevin Spacey foi condenado por violação da política de assédio sexual do estúdio.

A decisão aconteceu ainda em outubro de 2020 e Spacey pagou US$ 29,5 milhões em danos, além de US$ 1,4 milhão em custos e honorários aos advogados. A petição, que se tornou pública só agora, diz que a MRC preza pela segurança dos funcionários e do ambiente de trabalho, por isso levou o caso à Justiça.

<em>Após as acusações, Kevin Spacey precisou deixar a série House of Cards (Imagem: Divulgação/Netflix)</em>
Após as acusações, Kevin Spacey precisou deixar a série House of Cards (Imagem: Divulgação/Netflix)

Abuso sexual

As acusações contra Kevin Spacey foram inúmeras e tudo começou quando o ator Anthony Rapp revelou que foi abusado sexualmente pelo ex-protagonista de House of Cards quando tinha apenas 14 anos. Na sequência, foi a vez de Roberto Cavazos, ator mexicano, revelar que também foi assediado em 2008.

Então, oito membros da produção de House of Cards relataram terem sido vítimas de abuso e assédio sexual, revelando diversos comportamentos inadequados de Spacey. O ator foi demitido da série, que passou a ser protagonizada por Robin Wright até o seu final, na sexta temporada.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos