Mercado abrirá em 9 h 12 min
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,35 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,02
    +0,38 (+0,53%)
     
  • OURO

    1.775,10
    +6,10 (+0,34%)
     
  • BTC-USD

    34.761,93
    -1.003,00 (-2,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    862,88
    -77,07 (-8,20%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,32 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.427,29
    -373,98 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    27.980,87
    -983,21 (-3,39%)
     
  • NASDAQ

    13.996,25
    -38,75 (-0,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9983
    -0,0378 (-0,63%)
     

Kevin Spacey deve voltar ao cinema em filme com roteiro polêmico

·2 minuto de leitura
Kevin Spacey deve voltar ao cinema em filme com roteiro polêmico
Kevin Spacey deve voltar ao cinema em filme com roteiro polêmico

O ator Kevin Spacey (“Beleza Americana”), que enfrentou uma série de acusações de assédio e má conduta sexual nos últimos quatro anos, pode estar voltando ao cinema. O retorno deve ser em um drama policial italiano, onde Spacey deve atuar como um detetive que investiga o caso de um homem falsamente acusado de pedofilia.

O longa será dirigido por Franco Nero (‘Django”, 1966), ator italiano reconhecido por ter protagonizado diversos filmes de faroeste nas décadas de 1960 e 1970. “Estou muito feliz por Kevin ter concordado em participar do meu filme”, disse Nero em entrevista à ABC News. “Eu o considero um grande ator e mal posso esperar para começar o filme”, completou o diretor.

Além de Spacey e Nero, o filme também contará com Vanessa Redgrave (“Cartas para Julieta”), esposa do diretor, que interpretará a professora de piano do acusado na trama.

Volta depois de 4 anos

Kevin Spacey não tem um trabalho nos cinemas ou na TV desde 2017, quando foi denunciado por pelo menos 20 homens por má conduta sexual quando ele trabalhava em uma peça teatral no Old Vic, em Londres, na Inglaterra, entre os anos de 1995 e 2013. O ator nega todas as acusações desde então.

O ator de Star Trek Anthony Rapp acusa Kevin Spacey de abuso sexual. Crédito: The Lucille Lortel Awards/Divulgação
O ator de Star Trek Anthony Rapp acusa Kevin Spacey de abuso sexual. Crédito: The Lucille Lortel Awards/Divulgação

Na ocasião, ele foi retirado do elenco de “House of Cards”, da Netflix, série que teve episódios dirigidos por David Fincher e rendeu a Spacey nada menos que 10 indicações ao prêmio Emmy entre 2013 e 2017. A Academia de Artes e Ciências Televisivas, que é responsável pela entrega do prêmio, havia preparado a entrega de um troféu honorário para o ator, mas a homenagem foi cancelada após as primeiras acusações de assédio.

Leia mais:

Em setembro de 2019, o ator Anthony Rapp (Star Trek), e um outro homem entraram com um processo contra Kevin Spacey com a acusação de agressões sexuais. O crime teria ocorrido na década de 1980, quando o outro rapaz ainda era adolescente e Rapp tinha apenas 14 anos.

O ator de Star Trek falou sobre o ocorrido pela primeira vez em 2017, na ocasião, Spacey disse não se lembrar do encontro, mas pediu desculpas em um comunicado. O ator também revelou ser homossexual, o que gerou uma série de críticas de membros da comunidade LGBTQIA+, que acusaram Kevin Spacey de ter ligado a homossexualidade com a prática da pedofilia.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos