Mercado abrirá em 1 h 52 min
  • BOVESPA

    110.611,58
    -4.590,65 (-3,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.075,41
    +732,87 (+1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,67
    +0,62 (+0,95%)
     
  • OURO

    1.699,60
    +21,60 (+1,29%)
     
  • BTC-USD

    54.184,66
    +4.262,74 (+8,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.095,58
    +71,37 (+6,97%)
     
  • S&P500

    3.821,35
    -20,59 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    31.802,44
    +306,14 (+0,97%)
     
  • FTSE

    6.750,55
    +31,42 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    28.773,23
    +232,40 (+0,81%)
     
  • NIKKEI

    29.027,94
    +284,69 (+0,99%)
     
  • NASDAQ

    12.547,50
    +250,25 (+2,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,9925
    +0,0327 (+0,47%)
     

Kazaks, do BCE, não vê necessidade de cortar juros

Francesco Canepa
·1 minuto de leitura

Por Francesco Canepa

FRANKFURT (Reuters) - O Banco Central Europeu não precisa cortar sua taxa básica de juros agora, já que há melhores instrumentos para sustentar a economia da zona do euro afetada pelo coronavírus, disse a autoridade do BCE Martins Kazaks nesta quinta-feira.

Os mercados financeiros da zona do euro foram brevemente abalados nesta semana por especulações de que o BCE poderia levar sua taxa de depósito ainda mais abaixo de zero para conter um rali do euro, embora os investidores rapidamente tenham deixado de lado essa perspectiva.

Kazaks disse em resposta a perguntas que um corte de juros "não estava fora de questão", mas ele não via necessidade no momento.

"Não há necessidade de cortar a taxa agora", disse Kazaks. "Existem outros instrumentos que são mais adequados na situação atual."