Mercado fechará em 15 mins
  • BOVESPA

    111.264,01
    -2.166,53 (-1,91%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.647,71
    +83,44 (+0,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,48
    -2,39 (-3,03%)
     
  • OURO

    1.943,90
    -1,40 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    23.079,24
    -69,88 (-0,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    521,83
    +279,15 (+115,03%)
     
  • S&P500

    4.057,69
    -18,91 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    33.759,63
    -326,41 (-0,96%)
     
  • FTSE

    7.761,11
    -10,59 (-0,14%)
     
  • HANG SENG

    22.072,18
    +229,85 (+1,05%)
     
  • NIKKEI

    27.346,88
    +19,77 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.146,50
    -5,50 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5523
    +0,0367 (+0,67%)
     

Kashkari vê taxa de juros do Fed chegando a 5,4%

(Reuters) - O Federal Reserve deve continuar elevando os juros em suas próximas reuniões até ter certeza de que a inflação atingiu o pico, disse o presidente do Fed de Minneapolis, Neel Kashkari, nesta quarta-feira, ao estabelecer sua própria previsão de que a taxa de juros deve, a princípio, parar em 5,4%.

"Na minha opinião... será apropriado continuar elevando os juros pelo menos nas próximas reuniões até que estejamos confiantes de que a inflação atingiu o pico", disse Kashkari em um ensaio publicado no site do banco regional do Fed, mesmo tendo observado um aumento nas evidências de que as pressões sobre preços superaram sua pior fase.

O banco central norte-americano, que aumentou rapidamente os juros em 2022 para conter a inflação alta, mira um possível ponto de parada em seu atual ciclo de aperto monetário na primavera (no Hemisfério Norte) deste ano. Sua principal taxa de juros está atualmente em uma faixa de 4,25% a 4,50%.

A previsão de Kashkari de 5,40% como ponto de parada está no lado mais agressivo das autoridades do Fed, embora 15 de 19 delas esperem que a taxa suba 0,75 ou 1 ponto percentual nos próximos meses.

Kashkari, cujas projeções no ano passado de onde os juros precisariam ir em 2023 foram as mais agressivas de todas as autoridades do Fed, também disse que os juros terão que ser mantidos em seu pico inicial por um período de tempo "razoável" para dar tempo para as ações do banco central causarem efeito na economia e continuarem a controlar a inflação.

"Para ser claro, nesta fase qualquer sinal de progresso lento que mantenha a inflação elevada por mais tempo justificará, na minha opinião, elevar a taxa de juros potencialmente para um ponto muito mais alto", disse Kashkari.

(Reportagem de Lindsay Dunsmuir)