Mercado abrirá em 2 h 31 min

Karol Conká escapa de eliminação e público se revolta: "Paredão falso já"

Bárbara Saryne
·3 minuto de leitura
Foto: Reprodução/Globo
Foto: Reprodução/Globo

Mesmo com todo o Brasil torcendo contra, Karol Conká venceu a prova Bate e Volta e escapou do paredão neste domingo (7). A artista havia sido indicada por Gilberto, que atendeu o Big Fone e mandou a rival direto para a berlinda.

Karol é a participante mais odiada da temporada e o público comemorou sua ida ao paredão. A prova Bate e Volta, no entanto, acabou estragando os planos de quem já estava preparado para eliminar a rapper com uma rejeição histórica.

Leia também:

Ela disputou o Bate e Volta com Juliette e Arcrebiano. O objetivo era acertar a torneira que abriria o chuveiro e molharia os outros dois emparedados. Na quinta rodada, Karol escolheu a torneira 17 e deu um banho nos outros dois competidores.

A cantora comemorou a vitória, mas o público lamentou o ocorrido. Nas redes sociais, famosos e anônimos começaram a pedir um paredão falso. Neymar foi um dos primeiros no movimento. “Mutirão para o paredão fake”, postou o jogador.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Algumas horas depois, internautas observam a prova com mais afinco e encontraram uma brecha para pedir o cancelamento do Bate e Volta. Os competidores deveriam escolher a torneira em uma marcação e Karol não estava nela quando foi na premiada. Em uma conversa no quarto do líder, a própria artista assumiu o erro.

Procurada pelo Yahoo, a Globo garante que a prova segue valendo. “As mangueiras da prova eram todas cenográficas e não tinham qualquer conexão real com os chuveiros, que só eram acionados manualmente pela direção de prova, quando o número correto era escolhido pelo participante. Portanto seria impossível um participante adivinhar o número correto observando as mangueiras.”

Assim que escapou do paredão, Karol Conká foi pedir desculpas para Carla Diaz. Ela brigou com a sister na madrugada anterior por causa de Arcrebiano. A cantora, que havia beijado o rapaz, desconfiava da amizade dele com Carla. Para afastar os dois, inventou que três pessoas haviam dito que Carla dava em cima dele.

A confusão se agravou porque Arthur estava interessado em Carla e acreditou na versão de Karol Conká. Na formação do paredão, Carla Diaz lamentou o ocorrido e aproveitou para se defender ao vivo. “Tive uma grande decepção com uma pessoa (Karol Conká) que tinha uma grande admiração por conta de uma fofoca nada a ver, que mexia com o meu caráter, que estava rolando há dias, e ninguém vinha me falar”, iniciou.

Aos prantos, Carla relatou como foi abordada por Karol Conká. “Fui acordada de uma maneira que nunca fui em toda minha vida. Me senti humilhada, desrespeitada, exposta. Não sei se foi parte do jogo, mas esse não é o meu jogo. Não vim aqui para diminuir ninguém, ironizar a trajetória de ninguém, a jornada de ninguém. Essas lágrimas não são de novela. São lágrimas de mágoa. Aqui é a Carla. Aceitei esse desafio de estar exposta, vulnerável ao que viesse, mas jamais imaginei chegar a esse ponto”.