Mercado fechará em 3 h 3 min
  • BOVESPA

    122.027,18
    +146,36 (+0,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.324,93
    +105,67 (+0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,29
    +0,92 (+1,41%)
     
  • OURO

    1.867,80
    +29,70 (+1,62%)
     
  • BTC-USD

    42.742,02
    -4.597,81 (-9,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.183,66
    -14,25 (-1,19%)
     
  • S&P500

    4.153,38
    -20,47 (-0,49%)
     
  • DOW JONES

    34.273,95
    -108,18 (-0,31%)
     
  • FTSE

    7.032,85
    -10,76 (-0,15%)
     
  • HANG SENG

    28.194,09
    +166,52 (+0,59%)
     
  • NIKKEI

    27.824,83
    -259,67 (-0,92%)
     
  • NASDAQ

    13.265,50
    -121,50 (-0,91%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3964
    -0,0076 (-0,12%)
     

Kaplan, do Fed, quer reduzir flexibilização monetária na "primeira oportunidade"

O presidente do Federal Reserve de Dallas, Robert Kaplan. 11/10/2019. REUTERS/Ann Saphir.

(Reuters) - O presidente do Federal Reserve de Dallas, Robert Kaplan, reiterou nesta sexta-feira sua opinião de que o banco central dos Estados Unidos deve reduzir seu apoio à economia na "primeira oportunidade", quando a pandemia tiver praticamente acabado e conforme a atividade ganha força.

"Não quero entrar no modo reativo, reativo a ponto de desfazermos (os estímulos) de forma tardia", disse Kaplan na Texas A&M Bitcoin Conference. "Precisamos equilibrar os efeitos colaterais do que estamos fazendo --um é a inflação, mas também os excessos e o equilíbrio nos mercados financeiros."