Mercado fechará em 3 mins
  • BOVESPA

    119.499,57
    -3.464,44 (-2,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.797,75
    -857,54 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,80
    +0,52 (+0,80%)
     
  • OURO

    1.820,10
    -16,00 (-0,87%)
     
  • BTC-USD

    54.310,38
    -2.304,41 (-4,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.461,64
    -102,19 (-6,53%)
     
  • S&P500

    4.063,01
    -89,09 (-2,15%)
     
  • DOW JONES

    33.589,07
    -680,09 (-1,98%)
     
  • FTSE

    7.004,63
    +56,64 (+0,82%)
     
  • HANG SENG

    28.231,04
    +217,23 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    28.147,51
    -461,08 (-1,61%)
     
  • NASDAQ

    13.017,75
    -328,25 (-2,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4038
    +0,0584 (+0,92%)
     

Kanu resume sentimento do Botafogo após queda precoce na Copa do Brasil: 'Frustrante'

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

Em ano de Série B e sem público estádios em virtude da pandemia de Covid-19 ainda descontrolada, a Copa do Brasil e sua 'polpuda' premiação fase a fase se tornou uma das prioridades do Botafogo neste início de 2021. Mas a história do Glorioso na competição durou bem menos do que diretoria, jogadores e torcedores imaginavam.

Na noite desta quarta (14), o Glorioso visitou o Frasqueirão, em Natal, para encarar o organizado time do ABC. Os donos da casa abriram o placar logo cedo com Maycon Douglas e controlaram a partida até a reta final, quando o Botafogo, na tática do 'abafa', conseguiu impor uma pressão. O time carioca heroicamente igualou o marcador em 1 a 1 com o zagueiro Gilvan, no último minuto do jogo, mas a reação seria incompleta: perfeito da marca da cal, o Elefante da Frasqueira eliminou o Botafogo nas penalidades por 4 a 1, para a festa dos jogadores abecedistas.

ABC fez grande jogo e mereceu a classificação | Augusto Ratis/Agif/Gazeta Press
ABC fez grande jogo e mereceu a classificação | Augusto Ratis/Agif/Gazeta Press

Perguntado sobre o tamanho desta eliminação para os planos do Botafogo na temporada, o zagueiro Kanu se emocionou: "Frustrante. Desde o ano passado vivendo essa luta. Botei na minha cabeça que esse ano ia ser diferente, e vai ser diferente. Acho que a gente está plantando, é uma coisa que vem de anos que a gente está mudando. Talvez quem vai colher são os jogadores daqui há dois anos. Um clube que está se reformando. É difícil, dói, são noites sem dormir pra mim, imagino pros torcedores. Mas a gente vai continuar firme, trabalhando, acreditando nesse processo que está se formando. E firme no nosso principal objetivo que a gente tem na temporada, que é voltar pra Série A", afirmou.

Para piorar a situação do clube de General Severiano, o tempo hábil para atletas "virarem a página" praticamente inexiste: no próximo sábado (17), o Botafogo já vive outra 'decisão', desta vez contra o Fluminense pela penúltima rodada do Carioca. Qualquer resultado diferente de vitória tira qualquer chance matemática de classificação do Botafogo às semifinais.