Mercado abrirá em 8 h 14 min
  • BOVESPA

    110.611,58
    -4.590,65 (-3,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.075,41
    +732,87 (+1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,49
    +0,44 (+0,68%)
     
  • OURO

    1.686,60
    +8,60 (+0,51%)
     
  • BTC-USD

    53.874,10
    +3.376,16 (+6,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.087,36
    +63,16 (+6,17%)
     
  • S&P500

    3.821,35
    -20,59 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    31.802,44
    +306,14 (+0,97%)
     
  • FTSE

    6.719,13
    +88,61 (+1,34%)
     
  • HANG SENG

    28.924,92
    +384,09 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    28.887,05
    +143,80 (+0,50%)
     
  • NASDAQ

    12.441,50
    +144,25 (+1,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,9718
    +0,0120 (+0,17%)
     

Kamala Harris e Sonia Sotomayor: posse marca encontro de duas mulheres pioneiras da História dos EUA

O Globo
·4 minuto de leitura

Primeira mulher, primeira negra e primeira americana de origem asiática vice-presidente dos EUA. O pioneirismo de Kamala Harris é inegável. Mas, ao tomar posse no segundo cargo mais importante da política americana, ela prestou juramento à outra mulher pioneira: a juíza Sonia Sotomayor, a primeira magistrada latina a chegar à Suprema Corte dos EUA.

Coincidentemente, as duas são filhas de imigrantes e construíram suas carreiras do Direito. As duas têm ainda posições políticas parecidas e, cada uma em seu trabalho, ambas se oposeram ao governo de extrema-direita de Donald Trump nos últimos quatro anos. As duas creditam a suas raízes familiares, especialmente o investimento feito por suas mães na educação das filhas, a chave para as carreiras bem-sucedidas.

"Minha mãe não me criou para ser vice-presidente, mas ela certamente ensinou a mim e a minha irmã que nós poderíamos fazer qualquer coisa desde que trabalhássemos duro", disse Harris em entrevista à rede de notícias CNN.

Em discurso após sua confirmação para a Suprema Corte, Sotomayor afirmou que "minha mãe nos deu o exemplo, estudando ao meu lado e ao lado do meu irmão na mesa da cozinha para se formar enfermeira".

Kamala: de advogada a vice-presidente dos EUA

Kamala Harris é filha da indiana Shyamala Gopalan Harris, pesquisadora do câncer de mama, e do jamaicano Donald Harris, professor de Economia na Universidade Stanford. Formada em Ciência Política e Economia pela Universidade Howard, uma escola em Washington, D.C., cuja maioria de alunos é negra, ela também estudou Direito na Universidade da Califórnia, estado onde construiu sua carreira na Justiça e também na política.

Harris foi procuradora-geral adjunta do Condado de Alameda, de 1990 a 1998. Foi gerente da Unidade de Criminosos Reincidentes do Escritório do Procurador do Distrito de São Francisco e, em 2000, a procura-geral de São Francisco a nomeou chefe da Divisão da Comunidade e Bairros, que supervisionava assuntos relacionados a aplicação do código civil.

Em 2004, tomou posse como primeira mulher negra procuradora-geral da cidade de São Francisco, cargo para o qual foi reeleita em 2007. Seus críticos afirmaram que sua atuação em São Francisco diminuiu o número de condenações na condado. Mas ela ficou conhecida por ter implementado uma unidade especial para lidar com crimes de ódio, especialmente ataques contra menores LGBT+ em escolas e por ter iniciado um programa que oferecia a traficantes de drogas detidos a chance de completar o ensino médio e conseguir um emprego.

Em 2011, ela tomou posse como primeira mulher negra e primeira mulher de origem indiana a assumir a Procuradoria Geral do estado da Califórnia, cargo para o qual foi reeleita em 2014. Nesse período, ela lidou com a má conduta de procuradores de condados; uma exigência da Suprema Corte para libertar detentos, a qual se opôs, e o caso de uma mulher transgênero encarcerada que pedia ao estado a cirurgia de redesignação sexual, o que Harris recusou.

Em 2016, ela foi eleita Senadora pela Califórnia, com endosso de Barack Obama e Joe Biden, então presidente e vice-presidente dos EUA. Mais uma vez foi pioneira: primeira senadora de origem indiana e segunda mulher afro-americana no Senado (antes dela, Carol Moseley Braun, senadora por Illinois, de 1993 a 1999).

Sonia: uma carreira brilhante no serviço público

Já Sonia Sotomayor chegou à Suprema Corte em 2009, nomeada por Barack Obama, quando se tornou a primeira latina a chegar a mais importante corte de Justiça dos EUA. Filha de porto-riquenhos e nascida no Bronx, em Nova York, ela foi criada pela mãe, uma enfermeira, que assumiu o sustento da família depois da morte do pai. Sottomayor formou-se pela Universidade Princeton, em1976, e pela Faculdade de Direito de Yale, em 1979.

Com uma carreira construída no serviço público (Sotomayor é a segunda jurista a ter sido nomeada para funções diferentes no sistema de Justiça por três presidentes diferentes), dos distritos de Nova York à Corte de Apelação, ela também lecionou nas faculdades de Direito da Universidade de Nova York e da Universidade Columbia.

Depois de nomeada por Barack Obama pela Suprema Corte, ela passou a integrar o grupo de juízes considerados progressistas, com os quais tem defendido a reforma do sistema criminal americano e os direitos de mulheres, negros, comunidade LGBT+, latinos e imigrantes. Ela é a primeira latina e uma das apenas cinco mulheres a terem chegado à Suprema Corte dos EUA.

Kamala Harris não é a primeira vice-presidente a prestar juramento a Sonia Sotomayor. Em 2013, Joe Biden fez o mesmo em seu segundo mandato como vice de Obama.