Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.486,01
    +1.576,40 (+1,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.684,86
    +1.510,80 (+3,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,50
    -0,05 (-0,06%)
     
  • OURO

    1.783,50
    +23,60 (+1,34%)
     
  • BTC-USD

    17.137,29
    +660,45 (+4,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    406,06
    +5,37 (+1,34%)
     
  • S&P500

    4.080,11
    +122,48 (+3,09%)
     
  • DOW JONES

    34.589,77
    +737,24 (+2,18%)
     
  • FTSE

    7.573,05
    +61,05 (+0,81%)
     
  • HANG SENG

    18.597,23
    +392,55 (+2,16%)
     
  • NIKKEI

    27.968,99
    -58,85 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    12.081,25
    +39,00 (+0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3965
    -0,0601 (-1,10%)
     

Justiça suspende empresas de telemarketing ligadas a bancos

Empresas de telemarketing ligadas a banco estão entre as suspensas pelo Ministério da Justiça
Empresas de telemarketing ligadas a banco estão entre as suspensas pelo Ministério da Justiça
  • Medida foi feita pelo Ministério da Justiça;

  • Ao todo, 180 empresas de telemarketing foram suspensas por telemarketing ativo abusivo;

  • Por lei, consumidor só pode receber ligações oferecendo produtos e serviços se houver consentimento.

O Ministério da Justiça suspendeu por tempo indeterminado, nesta segunda-feira (18), a atividade de 180 empresas de telemarketing. Aquelas que infringirem a suspensão do governo receberão uma multa de R$ 1 mil por dia. A medida foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de segunda-feira (18).

Dentre as empresas suspensas pelo Ministério da Justiça, estão centrais de telemarketing ligadas a bancos e outras instituições financeiras, como Banco do Brasil, Banco Pan, Caixa Econômica, Bradesco, Santander, Itaú, C6 e vários outros.

Estão suspensos os serviços de telemarketing ativo abusivo, no qual empresas oferecem produtos e serviços não requisitados pelo consumidor. De acordo com a lei, esse tipo de contato só é permitido mediante manifestação de interesse prévio do consumidor.

Em junho a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), agência reguladora do setor de telecomunicações, realizou o bloqueio telefônico de três empresas que utilizavam robôs para fazer mais de 100 mil ligações por dia.

A medida pode vir como um sinal de alívio para a população brasileira, que diariamente relata nas redes sociais a perturbação que é receber as chamadas incessantes.

Confira abaixo as empresas notificadas para suspenderem as atividades:

  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TELESSERVIÇOS (ABT);

  • LIQ CORP. S.A. (LIQ);

  • ATENTO BRASIL S.A. (ATENTO);

  • ALGAR TELECOM S.A. (ALGAR TELECOM);

  • NEOBPO SERVIÇOS DE PROCESSOS DE NEGÓCIOS E TECNOLOGIA S.A. (NEOBPO);

  • TELEPERFORMANCE CRM S.A. (TELEPERFORMANCE);

  • AEC CENTRO DE CONTATOS S.A. (AEC);

  • KONECTA BRAZIL OUTSOURCING LTDA. (KONECTA);

  • CONCENTRIX BRASIL TERCEIRIZAÇÃO DE PROCESSOS, SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E TECNOLOGIA EMPRESARIAL LTDA. (CONCENTRIX);

  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES COMPETITIVAS – TELCOMP;

  • TIM S.A. (TIM);

  • TELEFÔNICA BRASIL S/A (VIVO);

  • CLARO S.A.;

  • FEDERAÇÃO BRASILEIRA DE BANCOS (FEBRABAN);

  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE BANCOS (ABBC);

  • ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PROFISSIONAIS E DAS EMPRESAS PROMOTORAS DE CRÉDITO E CORRESPONDENTES NO PAÍS (ANEPS);

  • CREFISA SA CREDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS (CREFISA S.A.);

  • BANCO C6 CONSIGNADO S.A.;

  • ITAÚ UNIBANCO S.A. (BANCO ITAÚ S.A.);

  • BV DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA.;

  • BANCO MERCANTIL DO BRASIL S.A.;

  • BANCO DO BRASIL S.A.;

  • BANCO DAYCOVAL S.A.;

  • BANCO PAN S.A.;

  • CAIXA ECONÔMICA FEDERAL;

  • BANCO BMG S.A.;

  • BANCO BRADESCO S.A.;

  • BANCO CETELEM S.A.;

  • BANCO SAFRA S.A.;

  • – BANCO SANTANDER S.A.;

  • CONEXIS – SINDICATO NACIONAL DAS EMPRESAS DE TELEFONIA E DE SERVIÇO MÓVEL CELULAR E PESSOAL E SKY BRASIL SERVIÇOS LTDA.;