Mercado fechado

Preso receberá indenização de R$ 1 milhão por 4 anos na solitária

A lei local determina que o tempo máximo de confinamento solitário é 30 dias (Foto: Getty Images)

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Presidiário diz ter sido levado para solitária sem qualquer explicação

  • Ele cumpre 40 anos de pena por assassinato e outros crimes

Jay Vermillion, que cumpre pena na penitenciária Indiana State Prison (Estados Unidos) vai receber uma indenização de quase R$ 1 milhão por ter ficado preso ilegalmente em uma solitária por 4 anos. As leis locais determinam que um detento pode ficar nessa condição por, no máximo, 30 dias.

De acordo com a rede de notícias CNN, Vermillion disse ter passado os quatro anos trancado em uma espécie de depósito frio. A princípio, ele cumpria sua pena de 40 anos por assassinato e outros crimes na Westville Correctional Facility, onde o deixavam isolado por cerca de 23 horas por dia.

Leia também

Depois, policiais o acusaram de traficar dentro da prisão e decidiram colocá-lo em uma “punição segregada”. Ele foi levado à Indiana State Prison e, lá, foi colocado em confinamento solitário sem qualquer explicação.

De acordo com as leis locais, após o período máximo de 30 dias em uma solitária, as autoridades competentes precisam rever o local onde o preso fica.

Ele processou o Departamento de Correção de Indiana, e o caso acabou em um acordo entre ambas as partes. Vermillion receberá quase R$ 1 milhão da instituição, que por sua vez não admitiu que houve qualquer erro ou abuso de conduta.