Mercado fechará em 5 h 12 min
  • BOVESPA

    109.504,20
    -636,44 (-0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.874,91
    -1.144,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,82
    -0,06 (-0,08%)
     
  • OURO

    1.906,60
    -24,20 (-1,25%)
     
  • BTC-USD

    23.383,05
    -391,27 (-1,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    534,05
    -11,27 (-2,07%)
     
  • S&P500

    4.179,76
    +60,55 (+1,47%)
     
  • DOW JONES

    34.053,94
    -39,02 (-0,11%)
     
  • FTSE

    7.851,59
    +31,43 (+0,40%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.617,00
    -229,75 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5258
    +0,0361 (+0,66%)
     

Justiça de SP suspende aumento de capital da Gafisa, que irá recorrer

SÃO PAULO (Reuters) -A Justiça de São Paulo decidiu pela imediata suspensão da emissão de ações da Gafisa prevista para a sexta-feira e relacionada a aumento de capital de 78 milhões de reais. A operação foi anunciada em novembro do ano passado e homologada no último dia 3, a 5,89 por ação.

Citando diversos processos judiciais propostos por acionistas da construtora que apontam para suposta ilegalidade do aumento do capital, bem como assembleia de acionistas marcada para o próximo dia 9 para deliberar sobre a operação, o desembargador Azuma Nishi afirmou que "revela-se prudente a imediata suspensão de emissão das ações prevista para amanhã".

A acionista Esh Capital, fundada por Vladimir Timerman, vinha questionando o desfecho da operação, citando que não foram cumpridos os ritos formais.

Ele também afirma que o aumento de capital saiu com desconto de 20% de preço definido como valor médio dos últimos 30 dias, que estava contaminado por operação de conversão de debêntures.

Procurada pela Reuters, a Gafisa disse que irá recorrer. "A Gafisa está segura de que está atuando na total legalidade e em benefício da companhia e de todos seus mais de 39 mil acionistas."

As ações da Gafisa têm mostrado forte valorização na bolsa paulista desde o final do ano passado, impulsionadas ainda por operações de "short squeeze", em meio ao imbróglio envolvendo o aumento de capital.

Nesta sessão, os papéis disparavam 47,99%, a 30,9 reais. Na máxima, mais cedo, chegaram a 33,73 reais.

Desde a aprovação do aumento de capital pelo conselho de administração da Gafisa, no final de novembro, as ações já acumulam valorização em torno de 430%.

(Por Tatiana Bautzer e Paula Arend Laier, edição Alberto Alerigi Jr.)