Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.259,49
    -831,59 (-0,64%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.579,10
    -329,08 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,46
    -0,69 (-0,96%)
     
  • OURO

    1.818,00
    -43,40 (-2,33%)
     
  • BTC-USD

    38.491,66
    -1.675,57 (-4,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    961,10
    -31,37 (-3,16%)
     
  • S&P500

    4.223,70
    -22,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.033,67
    -265,66 (-0,77%)
     
  • FTSE

    7.184,95
    +12,47 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    28.436,84
    -201,66 (-0,70%)
     
  • NIKKEI

    29.291,01
    -150,29 (-0,51%)
     
  • NASDAQ

    13.924,50
    -56,75 (-0,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0718
    -0,0461 (-0,75%)
     

Justiça aprova pedido de recuperação judicial da SuperVia

·1 minuto de leitura

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O pedido de recuperação judicial da SuperVia, que administra a malha de trens do Rio e Grande Rio, foi aceito pela 6ª Vara Empresarial do Tribunal de justiça fluminense nessa sexta-feira.

A justiça nomeou o escritório E. Ferreira Gomes Advogados como administrador judicial. O tribunal deu prazo de 60 dias para apresentação de Plano de Recuperação.

A empresa, que acumula dívida de 1,2 bilhão de reais, manterá as atividades mesmo com o pedido de recuperação.

A companhia controlada por um consórcio formado pela japonesa Mitsui e West Japan Railway Company, além de um fundo japonês, pediu recuperação judicial na última terça-feira,

A SuperVia chegou a transportar 600 mil pessoas por dia, mas no auge da pandemia o fluxo de passageiros atingiu 190 mil, estabilizando-se atualmente em 300 mil.

Desde março de 2020, a empresa acumula perda financeira de mais de 474 milhões de reais, resultado da redução de mais de 102 milhões de passageiros, devido aos efeitos da pandemia. A SuperVia estima que precisa de uma média diária de 450 mil passageiros para cobrir custos de operação.

(Por Rodrigo Viga Gaier; edição de Aluísio Alves)