Mercado fechará em 6 h 54 min
  • BOVESPA

    106.363,10
    -56,43 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.714,60
    -491,99 (-0,94%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,21
    -1,45 (-1,75%)
     
  • OURO

    1.803,50
    +4,70 (+0,26%)
     
  • BTC-USD

    61.074,75
    +2.320,95 (+3,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.470,63
    -3,70 (-0,25%)
     
  • S&P500

    4.551,68
    -23,11 (-0,51%)
     
  • DOW JONES

    35.490,69
    -266,19 (-0,74%)
     
  • FTSE

    7.230,77
    -22,50 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    25.555,73
    -73,01 (-0,28%)
     
  • NIKKEI

    28.820,09
    -278,15 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    15.671,50
    +84,25 (+0,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4599
    +0,0352 (+0,55%)
     

Justiça americana cria força tarefa contra crimes cripto

·1 minuto de leitura
Justiça americana cria força tarefa contra crimes cripto

BeInCrypto –

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DoJ) terá em breve duas novas ferramentas para combater o crime cibernético. Uma delas será uma equipe de fiscalização de criptomoedas usadas em crimes virtuais enquanto um departamento separado irá atrás daqueles que não relatam tais crimes.

Na quarta-feira (6), a procuradora-geral adjunta Lisa Monaco anunciou que uma equipe nacional de fiscalização de criptomoedas havia sido criada durante o Aspen Cyber Summit. A equipe se concentrará principalmente em criminosos que visam mercados cripto e utilizam esses ativos para cometer crimes como lavagem de dinheiro e venda de drogas.

O artigo Justiça americana cria força tarefa contra crimes cripto foi visto pela primeira vez em BeInCrypto. Junte-se ao nosso grupo Telegram e obtenha sinais de negociação, um curso de negociação gratuito e comunicação diária com fãs de criptomoedas!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos