Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,57
    +0,21 (+0,29%)
     
  • OURO

    1.785,00
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    50.491,00
    -290,89 (-0,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.322,19
    +17,08 (+1,31%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    23.996,87
    +13,21 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    28.868,87
    +8,25 (+0,03%)
     
  • NASDAQ

    16.379,75
    -12,50 (-0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2787
    +0,0046 (+0,07%)
     

Juros podem subir mais do que 1,5%.

·2 min de leitura

A afirmação não é definitiva, mas com um aumento acima dos 1,5%, a Selic pode chegar aos 9,5% ou até aos 10% ainda em 2021.

Com essa expectativa os investimentos em Tesouro Selic e nos produtos mais simples dos bancos, vão começar a entregar ganhos reais aos investidores. É a renda fixa voltando com tudo.

Commodities em alta

Com a alta dos preços do petróleo e do minério de ferro, muitos produtos e serviços ficaram mais caros.

Mesmo aqueles negócios que não possuem relação direta com os combustíveis ou com minério de ferro sofrem com a correção dos preços.

Já há relatos da gasolina estar próxima a R$ 8,00 em alguns postos no Brasil. Já o gás de cozinha também vem registrando alta e já está sendo negociado acima dos R$ 120,00 em alguns lugares do Brasil.

Se a alta se manter, é possível que a gasolina termine 2021 com alta próxima a 100%. A alta recorrente dos combustíveis somado a crise hídrica e o aumento do minério de ferro vêm influenciando negativamente os preços. Desse modo, o BC não tem outra opção se não aumentar o juro.

O juro restritivo

O juro cada vez maior vai gerar mais efeitos restritivos em nossa economia. Ao invés da empresa captar mais dinheiro, ela vai reduzir os investimentos e aguardar um momento mais interessante para investir.

Se isso acontecer em larga escala, o crescimento próximo ou em 5% de 2021 vai ser muito menor em 2022, devido o juro alto e a inflação.

Mesmo com o juro acima dos 10%, a inflação não deve recuar de uma só vez. Ainda mais, observando que o preço do petróleo subiu muito.

O barril Brent vem registrando valorização de mais de 50% em 2021. Vale destacar que o juro maior, alcançando os dois dígitos, vai contribuir para uma entrada maior de dólares.

Querendo ou não, o dinheiro especulativo pode entrar no Brasil, caso o juro ofereça ganhos reais sobre a inflação.

Como o mundo está vivendo época de juros negativos, com a inflação maior do que as taxas de juro dos bancos centrais, a Selic rendendo ganhos reais, vai atrair o investidor estrangeiro.

Essa movimentação pode ajudar e aliviar a alta dos preços, inclusive se o petróleo continuar subindo.

Outro ponto importante para destacar é a situação fiscal brasileira. Com as ameaças de alterar as regras do teto de gastos e a PEC dos Precatórios, o risco fiscal está em cena, fato que contribui para uma imagem negativa de nossa política econômica.

Por isso, o aumento do juro provavelmente vai acontecer e deve permanecer em alta em 2022.

This article was originally posted on FX Empire

More From FXEMPIRE:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos