Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.071,37
    -2.359,17 (-2,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.547,28
    -16,99 (-0,03%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,53
    -2,34 (-2,97%)
     
  • OURO

    1.952,10
    +6,80 (+0,35%)
     
  • BTC-USD

    23.317,92
    +155,85 (+0,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    529,35
    +286,67 (+118,13%)
     
  • S&P500

    4.107,72
    +31,12 (+0,76%)
     
  • DOW JONES

    34.077,44
    -8,60 (-0,03%)
     
  • FTSE

    7.761,11
    -10,59 (-0,14%)
     
  • HANG SENG

    22.072,18
    +229,85 (+1,05%)
     
  • NIKKEI

    27.346,88
    +19,77 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.262,00
    +110,00 (+0,91%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5434
    +0,0278 (+0,50%)
     

Jung_E | Novo filme de ficção científica sul-coreano da Netflix ganha trailer

O filme de ficção científica Jung_E, da Netflix, acaba de ganhar seu primeiro trailer oficial. O longa é do mesmo diretor de Invasão Zumbi, Yeon Sang-ho, e tem como cenário um futuro pós-apocalíptico.

Jung_E se passa em 2194 e conta a história de uma pesquisadora de um renomado laboratório de inteligência artificial. Sua mais nova missão é colocar um fim na guerra civil que está acontecendo, e para isso será preciso clonar o cérebro de uma capitã do exército.

<em>O filme se passa em outro século (Imagem: Divulgação/Netflix)</em>
O filme se passa em outro século (Imagem: Divulgação/Netflix)

Em dezembro, Jung_E havia ganhado um teaser que trazia uma amostra do laboratório Kronoid e suas tecnologias, além de nos apresentar a uma realidade futurista.

Já o novo trailer mostra como está sendo a construção do robô com a inteligência artificial baseada em uma pessoa que realmente existiu, a partir da clonagem de cérebro. Essa criação se torna uma poderosa arma batizada de Jung_E.

Assista ao trailer do filme sul-coreano:

Jung_E é uma produção original da Netflix e estreia no dia 20 de janeiro na plataforma de streaming.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: