Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.341,09
    -1.429,33 (-2,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Juliette é a nova rainha da publicidade do Brasil (ela só não sabe disso ainda)

Marcela De Mingo
·4 minuto de leitura
Juliette Freire pode não ter ganhado o 'BBB 21' (ainda), mas já ganhou o posto de rainha do publi no Brasil (Foto: Instagram / Juliette)
Juliette Freire pode não ter ganhado o 'BBB 21' (ainda), mas já ganhou o posto de rainha do publi no Brasil (Foto: Instagram / Juliette)

Um milhão e 800 mil likes e mais de 100 mil comentários em seis minutos. A foto que comemorava a permanência de Juliette no 'Big Brother Brasil 21', no paredão que declarou a saída de Sarah, virou recorde - foi a foto que alcançou a marca mais rápido no ano. O título, antes, era da cantora estadunidense Billie Ellish, mas também já foi de outros nomes grandes lá fora, como a cantora e atriz Selena Gomez. Pois é, Juliette Freire, a participante mais querida desta edição do programa, não está para brincadeira.

E não é só por conta dessa marca histórica, não. A advogada já alcançou 20,3 milhões de seguidores nas redes sociais, ultrapassando alguns nomes famosos que estão com ela em confinamento este ano, como a YouTuber Viih Tube, com seus mais de 18 milhões de seguidores. O trabalho feito no perfil da sister tem sido tão impressionante, que em poucos meses de programa já entrou para a lista dos dez perfis com mais engajamento no país.

Leia também

Ela é a quarta participante do "BBB" com mais seguidores da história, ficando atrás apenas de Rafa Kalimann, Grazi Massafera e Sabrina Sato.

Com uma equipe de 20 pessoas, o que salta aos olhos é o conteúdo e a linguagem super alinhados com o jeito da própria Juliette. Aliás, todo o seu time de administradores é de paraibanos, o que significa que o grau de identificação com ela é enorme. O carisma da própria, claro, ajuda muito. Uma receita para o sucesso, diríamos.

E tudo isso pra dizer que Juliette, é a próxima rainha da publicidade, com um time de peso auxiliando na construção de uma marca que promete render muito mais do que o R$ 1,5 milhão que o programa promete para o vencedor. E a gente explica o porquê.

1.Posicionamento, sim!

Olhando algumas das postagens mais recentes do feed de Juliette, o que encontramos são posts que traduzem um posicionamento condizente com o momento: falam sobre as campanhas de vacinação de COVID, mostram apoio ao também participante do 'BBB 21' João, exaltam as origens da advogada… enfim, se o último ano serviu de ensinamento, ter e manter um bom posicionamento quando se tem uma base de seguidores tão grande quanto ela alcançou é mais do que necessário, é quase obrigatório.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

2. Publi bom é publi pago

Vamos ser sinceros, a ideia de que permutas e presentes servem como pagamento para quem produz conteúdo já deixou de ser velha há muito tempo - agora, beira o antiquado. E os adms do perfil da paraibana sabem do valor de uma boa publicidade. Além do contrato do 'BBB', que provavelmente limita as publicidades enquanto os participantes estão confinados, dá para ver um cuidado extra com a imagem da paraibana em um post que teve o rótulo de uma bebida apagado. Ou seja, vamos ser fiéis aos acordos feitos, mas vamos lembrar também que publi bom é publi pago. Seja agora ou daqui três meses. 

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

3. Conteúdo que ensina

Em um dos seus muitos momentos marcantes dentro da casa, Karol Conká fez um comentário polêmico sobre Juliette que foi traduzido como xenofobia. Na ocasião, ela dizia que era melhor que a advogada por ser curitibana - como se isso, de fato, fizesse alguma diferença. Eis que desde o começo desta edição do 'BBB', o perfil da participante faz questão de enaltecer as suas origens, e criou uma série de conteúdos que ensinam sobre jargões e a cultura local, gerando um movimento de inclusão absurdo de uma população que historicamente sofre preconceito do sul e do sudeste brasileiros.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

4. Marketing de Influência? Temos!

Quer saber outra grande sacada dos administradores das contas de Juliette? Chamar famosos que passaram a torcer por ela para convocar a sua torcida para mantê-la na casa. Vídeos de Maísa Silva, Grazi Massafera, Deborah Secco e Wanessa permeiam o perfil da paraibana com pedidos pra que ela se mantenha na casa. Ou seja, com um apoio de pessoas tão influentes e grandes no meio do entretenimento brasileiro, fica difícil ela não chamar atenção do resto do país, certo?

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

5. Recorte bem feito

Outra ideia de mestre foram os recortes bem feitos pela equipe da participante, que começou a mostrar os seus pontos fortes e positivos na casa. De fato, as redes sociais revelam só uma parte da vida de alguém, mas esse trabalho conjunto ajudou a humanizar e conectar Juliette com o seu público, mesmo não estando ativamente nas redes sociais. Enquanto ela era massacrada pelos demais participantes da casa, aqui fora ela começou a ser vista como uma pessoa alegre, divertida, bem humorada e empática, todas as características que são parte dela mesmo, mas que ficavam obscurecidas pelas críticas duras no confinamento.

Em resumo, se sair da casa daqui uma semana ou só como vencedora do programa, a advogada não precisa se preocupar. Ela já virou a rainha da publicidade brasileira este ano, só não sabe disso ainda.