Mercado fechado

Julho termina com a gasolina mais barata em um ano

Redução ocorre poucos meses antes das eleições (Getty Image)
Redução ocorre poucos meses antes das eleições (Getty Image)
  • O combustível ficou mais barato após Petrobras reduzir preços

  • O litro mais em conta da gasolina foi encontrado em uma cidade de SP

  • Já o diesel S10 ficou apenas 1,5% mais barato no período

O período eleitoral começou oficialmente e os governantes já estão trabalhando para garantir a reeleição. Enquanto isso, a gasolina, que não parava de aumentar ao longo dos meses, finalmente abaixou um pouco.

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aponta que, após reduções semanais, na última semana de julho, o valor médio do litro do combustível no Brasil foi de R$ 5,74. É importante lembrar que esse é o menor registro desde a semana de 28 de junho a 3 de julho do ano passado, que fechou em R$ 5,68.

Mogi Mirim (SP) foi o local mais barato, com o combustível custando R$ 4,92, enquanto o mais alto, de R$ 7,49, também foi encontrado no estado de São Paulo, em Barueri.

Com essa variação, o valor do litro da gasolina reduziu 11,5% ao longo dos últimos dias. Já o etanol estava em R$ 4,52 na primeira semana de julho, enquanto na última o valor abaixou R$ 4,21. Isso representa uma redução de 6,8% no custo do insumo.

Enquanto isso, o diesel S10, considerado o mais usado nos veículos, também uma pequena redução de preço no último mês, de apenas 1,5%.

A mudança aconteceu após a Petrobras anunciar em 19 de julho que reduziu em R$ 0,20 o preço da gasolina para as distribuidoras. Depois dessa data, o litro do combustível vendido pela estatal passou a custar R$ 3,86. Antes o valor estava fixado em R$ 4,06.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos