Mercado abrirá em 7 h 14 min
  • BOVESPA

    106.247,15
    -2.542,18 (-2,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.394,03
    -1.070,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,04
    +0,45 (+0,41%)
     
  • OURO

    1.812,00
    -3,90 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.046,23
    -902,84 (-3,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    646,93
    -23,74 (-3,54%)
     
  • S&P500

    3.923,68
    -165,17 (-4,04%)
     
  • DOW JONES

    31.490,07
    -1.164,52 (-3,57%)
     
  • FTSE

    7.438,09
    -80,26 (-1,07%)
     
  • HANG SENG

    20.127,50
    -516,78 (-2,50%)
     
  • NIKKEI

    26.444,40
    -466,80 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.899,75
    -35,75 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2329
    +0,0146 (+0,28%)
     

Julgamento da Eletrobras no TCU pode ser suspenso por até 60 dias

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O processo de privatização da Eletrobras pode sofrer uma suspensão de até 60 dias, colocando em risco a operação neste ano. A segunda etapa do julgamento que define pontos do processo de privatização está prevista para esta quarta-feira (20) no TCU (Tribunal de Contas da União).

A tendência é que o ministro Vital do Rêgo Filho peça vista, por entender que precisa de tempo para avaliar o voto que será apresentado pelo relator, o ministro Aroldo Cedraz.

A venda foi modelada para ocorrer por meio de capitalização em Bolsa. Serão emitidas ações e recibos de ações (ADRs) no Brasil e Estados Unidos, respectivamente. Neste segundo julgamento está em discussão o preço da ação.

Na noite desta terça-feira (19), o ministro Cedraz ainda estava finalizando o voto.

No julgamento anterior, o ministro Rêgo questionou a fórmula de cálculo do valor da estatal, avaliando que empresa valeria R$ 130 bilhões e não os R$ 67 bilhões definidos.

Segundo analistas de mercado, que acompanham os trâmites, o processo precisa ser concluído ainda no primeiro semestre, antes de a campanha eleitoral entrar na fase decisiva e afastar investidores.

Pedidos de vista podem ser de até 60 dias —prazo que será discutido em plenário. Com o atraso, o julgamento poderia ficar para o final de junho. Como na sequência será preciso seguir o rito de preparação no mercado de capitais, a privatização corre o risco de ficar para 2023.

Maior empresa de energia da América Latina, a Eletrobras é dona ou sócia das mais importantes hidrelétricas do Brasil, como Belo Monte e Furnas, e ainda é responsável por quase 44% do sistema de transmissão do país.

A venda em Bolsas busca diluir a participação da União, que precisa cair de 72% para 45%, arrecadar recursos para pagar outorga ao Estado e transformar a empresa numa corporação. Nenhum acionista poderá ter mais de 10% do total das ações.

Aliados do governo têm feito forte pressão para que o processo seja concluído a tempo.

Entre os opositores ao projeto está o PT. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que lidera as pesquisas para a eleição à presidente, já declarou que o partido não apoia a operação. Em entrevista a Folha, a deputada Gleisi Hoffmann, presidente do PT, afirmou que, caso o partido vença as eleições e a privatização da Eletrobras tenha sido concluída, o processo seria revisto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos