Mercado fechado

Juju Salimeni desabafa sobre depressão: "Era uma tristeza diária"

Foto: Reprodução/Instagram (@jujusalimeni)

Juju Salimeni, 33, entrou em 2020 renovada. A musa fitness, que sofreu com depressão no ano passado, continua sendo acompanhada por especialistas, mas já se sente curada. Na noite desta terça-feira (11), ela sorria à toa durante a festa de lançamento do reality ‘Juju Boot Camp’. O programa, que tem estreia marcada para o dia 2 de março, será apresentado por ela no canal E!.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

As gravações aconteceram em 2019, período difícil para a ex-panicat. O trabalho, no entanto, acabou contribuindo para a melhora da doença que a artista enfrentava. “Foi uma fase muito difícil. Sinto que fiquei mais emotiva. Eu via o que as meninas passavam no programa e pegava tudo aquilo para mim”, diz ela, que recebeu apoio psicológico e não deixou de tomar medicamentos durante as filmagens.

Leia também:

No ‘Juju Boot Camp’, a musa comanda uma série de desafios físicos, além de provas relacionadas com o universo dela, como alimentação, moda, maquiagem e interação nas redes sociais. As participantes sonham em se tonarem influenciadoras digitais no meio fitness e se inspiram na apresentadora. O prêmio do reality, inclusive, é o agenciamento de carreira.

“Gravar esse reality nessa fase acabou sendo uma experiência de força. Ver as meninas se superando foi incrível para elas e para mim. Aprendi muito com as participantes. O programa foi essencial para que eu mudasse muitas coisas na minha vida”, afirma a loira.

Foto: Divulgação

Para superar a depressão e conseguir dar conta do recado, além do acompanhamento médico, Juju contou com a ajuda de amigos e familiares. Segundo ela, as pessoas julgam muito quem é diagnosticado com distúrbios mentais. Ter força psicológica se tornou algo muito mais difícil que treinar todos os dias.

“Muita gente acha que isso só acontece com quem tem uma vida triste. As pessoas pensam que a vida dos famosos são perfeitas. Mas todos os seres humanos passam por problemas. Recebo mensagens de pessoas que não sabem o que fazer e têm medo de falar com quem convivem. Por isso, sempre que tenho a oportunidade de falar sobre o assunto, peço para terem mais empatia. Depressão não é frescura ou falta do que fazer”, explica a apresentadora.

Juju demorou para perceber que estava deprimida justamente pela falta de informação e preconceito. “Era uma tristeza diária e eu achava que era estresse por causa do trabalho. Depois que começou a piorar fui pesquisar sobre o assunto. Eu tinha muita ansiedade. Essa ansiedade piorou e virou depressão. Foi uma fase em que eu estava precisando de ajuda para me recuperar”, desabafa Salimeni.

O início de um novo relacionamento também foi importante nessa fase. Após a polêmica separação com Felipe Franco, que chegou a dizer que Juju não tinha nenhuma doença, a loira assumiu namoro com o empresário Helisson Dias. Feliz com o novo parceiro, a musa fitness diz que é muito bom estar em uma relação sem cobranças e ciúmes: “Ele já me conheceu famosa e entende a minha rotina.”