Mercado abrirá em 1 h 58 min

Juiz rejeita tentativa de Musk de que deixem de vigiar seus tuítes sobre a Tesla

(Arquivo) O novo dono do Twitter, Elon Musk (AFP/Patrick Pleul) (Patrick Pleul)

O novo dono do Twitter, Elon Musk, ainda terá que submeter seus tuítes sobre sua empresa de carros elétricos Tesla a aprovação prévia, depois que um juiz negou nesta quarta-feira um recurso com o qual ele buscava ser liberado dessa supervisão.

Musk entrou com um recurso em março para anular as restrições impostas pela Securities and Exchange Commission (SEC) devido a um tuíte publicado em 2018 no qual ele disse que havia adquirido um financiamento para tirar a Tesla da bolsa, mas não apresentou provas ou documentos ante o regulador do mercado de ações americano.

O tuíte, que elevou fortemente os preços das ações, foi considerado "falso e enganoso" e os acionistas acusaram a Tesla de fraude de valores. A SEC também acusou Musk de fraude e ordenou que ele renunciasse à presidência do conselho de administração da empresa, pagasse uma multa de US$ 20 milhões e, após outro tuíte (no começo de 2019), exigiu que todos os seus tuítes relacionados diretamente com os negócios da empresa fossem aprovados previamente por um advogado competente.

Musk disse que foi obrigado a aceitar o acordo e negou ter mentido aos acionistas. No entanto, "a afirmação de Musk de que foi vítima de coação econômica é totalmente pouco convincente", escreveu o juiz Lewis Liman em sua sentença. Ele disse que o argumento de Musk de que a SEC usou o acordo "para intimidá-lo" e investigar suas publicações "não tem mérito" e é "particularmente irônico", uma vez que os direitos de liberdade de expressão não permitem que ele faça declarações "consideradas fraudulentas" ou que violem as leis de valores.

jum/hs/cs/ps/gm/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos