Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.741,77
    -2.076,72 (-4,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Juiz nega pedido de arresto de R$ 50,7 bilhões da Vale, BHP

·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O juiz Adilson Cláver de Resende negou o pedido de arresto de bens no valor de R$ 50,7 bilhões da Vale e da BHP feito por promotores de Minas Gerais.

O juiz argumentou que a Samarco, uma joint-venture da Vale e BHP, é uma companhia viável, capaz de se capitalizar e pagar pelos reparos sociais e ambientais da ruptura de sua barragem em Mariana, Minas Gerais. Por isso, ele negou o pedido de desconsideração da personalidade jurídica da Samarco feita pelos promotores.

O juiz também não aceitou suspender a recuperação judicial da Samarco, como os promotores haviam solicitado na terça-feira.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos