Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,33 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,59 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    43.237,06
    +482,77 (+1,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,20 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,84 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Judoca Teddy Riner perde pela primeira vez em Olimpíadas desde 2008

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O bicampeão olímpico Teddy Riner perdeu sua primeira luta em Jogos Olímpicas desde 2008 nesta sexta-feira (30).

Nas quartas de final da categoria acima de 100 kg nas Olimpíadas de Tóquio-2020, o francês sofreu um wazari do russo Tamerlan Bashaev no tempo extra e deu adeus à chance de ser o segundo tricampeão da história do esporte. Ele agora terá que se contentar com a disputa da medalha de bronze no peso pesado.

Um dos maiores nomes da história do esporte, Riner chegou a passar 154 lutas invicto. Foram cerca de dez anos sem perder. Mas ele competiu pouco no último ciclo olímpico e em 2020 foi derrotado duas vezes.

Em fevereiro, o francês caiu diante do japonês Kokoro Kageura no Grand Slam de Paris. Em outubro, perdeu para o compatriota Omais Joseph Terhec em um torneio nacional. Agora Bashaev, 25, líder do ranking mundial, foi o responsável.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos