Mercado abrirá em 3 h 44 min
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,33 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,59 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,01
    +1,03 (+1,39%)
     
  • OURO

    1.750,40
    -1,30 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    43.993,25
    +2.428,87 (+5,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.097,25
    -5,81 (-0,53%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,20 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.070,69
    +19,21 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    24.208,78
    +16,62 (+0,07%)
     
  • NIKKEI

    30.240,06
    -8,75 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.332,25
    +13,50 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2498
    -0,0058 (-0,09%)
     

Judô: na competição por equipes, Brasil perde para Israel na repescagem

·2 minuto de leitura
A judoca Mayra Aguiar (de azul) durante a competição individual dos Jogos de Tóquio

Na estreia da competição por equipes no judô nas Olimpíadas, o Brasil acabou derrotado na repescagem por Israel (4 a 2), encerrando sua participação nos Jogos de Tóquio sem medalha.

Os judocas brasileiros foram em busca da vaga na decisão do bronze após perderem nas quartas de final para a Holanda (4 a 2).

Na arena Bodukan, Eduardo Katsuhiro Barbosa abriu a série de seis combates contra Toha Butbul, pela categoria até 73kg, mas o brasileiro recebeu três punições (shidos) e acabou derrotado (0-1).

Na sequência, Maria Portela subiu no tatame para lutar com Gili Sharir, pela categoria até 70kg, e ela fez um waza-ri com imobilização e venceu por ippon, igualando o placar (1-1).

Improvisado nos 90kg, Eduardo Yudi (que luta na categoria até 81kg) acabou sendo facilmente superado por Li Kochman, e Israel assumiu novamente a frente no marcador (1-2).

A medalhista de bronze em Tóquio Mayra Aguiar, que havia vencido sua luta na série das quartas de final, voltou a lutar improvisada na categoria acima de 70kg, substituindo a lesionada Maria Suellen Altheman, e mais uma vez mostrou seu alto nível e aplicou um ippon em Raz Hershko, empatando a série (2-2).

Rafael Buzacarini entrou em seguida com o peso de garantir a vitória para manter as chances da equipe diante Peter Paltchik, na categoria acima de 90kg.

Durante o duelo, o brasileiro tentou um golpe, mas acabou ficando com o braço preso e levou o ippon (2-3).

Em sua primeira Olimpíadas, Larissa Pimenta teve que definir o destino do Brasil no torneio, improvisada na categoria até 57kg diante de Timna Nelson-Levy para levar o confronto para o desempate, que seria disputado numa luta definida em sorteio de um peso com o judoca lutando novamente como se fosse um tempo extra. Mas a adversária israelense aplicou um waza-ari com imobilização e fechou a série com Ippon, deixando no placar o 4 a 2, que eliminou o Brasil, que foi terceiro lugar por equipe no Mundial, realizado no mês passado.

"É muito ruim perder. Odeio perder. Peço desculpas pelo resultado. O gosto da derrota é muito ruim. Mas esse time é muito bom e tem muita coisa boa pela frente", declarou Mayra Aguiar em entrevista ao canal SporTV, ao fim dos combates.

Agora, a equipe de Israel vai lutar pelo bronze contra os representantes do Comitê Olímpico Russo (ROC, pela sigla em inglês), que reúne os atletas da Rússia, mas sem exibir qualquer identificação relacionada ao país, impedido de participar desta edição dos Jogos Olímpicos por conta de um grande escândalo de dopping.

lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos