Mercado abrirá em 1 h 38 min
  • BOVESPA

    110.132,53
    +346,23 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.200,59
    -535,89 (-1,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,08
    -0,63 (-1,38%)
     
  • OURO

    1.818,40
    +7,20 (+0,40%)
     
  • BTC-USD

    17.286,16
    -693,01 (-3,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    337,18
    -33,34 (-9,00%)
     
  • S&P500

    3.629,65
    -5,76 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    29.872,47
    -173,77 (-0,58%)
     
  • FTSE

    6.360,81
    -30,28 (-0,47%)
     
  • HANG SENG

    26.819,45
    +149,70 (+0,56%)
     
  • NIKKEI

    26.537,31
    +240,45 (+0,91%)
     
  • NASDAQ

    12.198,25
    +46,00 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3350
    -0,0027 (-0,04%)
     

JPMorgan e Citi mandam funcionários para casa no Reino Unido

Viren Vaghela
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O JPMorgan Chase e o Citigroup juntaram-se aos rivais ao pedir à grande maioria dos funcionários na Inglaterra que trabalhe em casa, seguindo as regras do governo para impedir um aumento nas infecções por coronavírus.

Os bancos disseram aos funcionários na terça-feira que a maioria dos trabalhadores será obrigada a trabalhar de casa até novo aviso a partir de quinta-feira, quando começa o lockdown de um mês.

O escritório do Citigroup em Canary Wharf permanece aberto para os trabalhadores que não podem desempenhar efetivamente suas funções em casa, de acordo com memorando de David Livingstone, chefe na Europa, Oriente Médio e África, e do chefe no Reino Unido James Bardrick.

As novas medidas do JPMorgan significam que cerca de 5% de seus funcionários estarão no escritório, incluindo cerca de 20% de seus operadores. O banco teve cerca de 30% dos funcionários retornando a seus escritórios em Londres nos últimos meses, embora isso tenha diminuído para cerca de um quinto após o governo de Boris Johnson pedir que mais pessoas trabalhassem em casa em setembro.

“Decidimos reduzir o número de pessoas em nossos locais em toda a Inglaterra apenas para trabalhadores essenciais, em alguns casos trabalhando em rodízio entre o escritório e casa”, disse o memorando do JPMorgan.

Cada local determinará quem deve estar no escritório. O banco tem cerca de 19.000 funcionários no Reino Unido, incluindo 12.000 em Londres.

O JPMorgan também lembrou aos funcionários que não estarão no escritório para trabalhar apenas de seu endereço residencial principal no Reino Unido, de acordo com o memorando.

Representantes do JPMorgan e do Citigroup confirmaram o conteúdo dos memorandos.

Produtividade

A redução substancial no número de pessoas nos escritórios segue movimentos semelhantes do Goldman Sachs e Deutsche Bank.

Bancos de Wall Street argumentaram que o trabalho no escritório preserva a cultura das empresas e aumenta a produtividade.

O JPMorgan e outros bancos já haviam interrompido os esforços para trazer funcionários de volta às suas bases em Londres em setembro, quando o governo do Reino Unido instou as pessoas a trabalharem em casa, se possível.

O segundo lockdown nacional do Reino Unido fechará a maioria das lojas, pubs e restaurantes, mas escolas e escritórios podem permanecer abertos. As novas medidas serão aplicadas por quatro semanas até 2 de dezembro.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.