Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    60.381,62
    +2.084,91 (+3,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Jovens jornalistas podem concorrer a bolsa de estudos na China

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Aliança de Organizações Científicas Internacionais (ANSO), organização não governamental sem fins lucrativos que reúne 37 instituições internacionais de ciência e educação de todo o mundo, abriu inscrições para a bolsa de estudos ANSO, destinada a recém-formados interessados em fazer pós-graduação na China. A bolsa ANSO apoia 200 alunos de mestrado e 300 alunos de doutorado todos os anos para buscar educação de pós-graduação na Universidade de Ciência e Tecnologia da China (USTC), na Universidade da Academia Chinesa de Ciências (UCAS) ou em institutos da Academia Chinesa de Ciências (CAS) em torno da China. A bolsa cobre mensalidades, auxílio mensal de 3 mil RMB (R$ 2.583,00) para mestres e entre 6 mil RMB (R$ 5.166,00) e 7 mil RMB (R$ 6.027,00) para doutores, seguro de saúde, inscrição e subsídio de viagem. O programa de mestrado tem duração de 36 meses e o de doutorado, 48 meses. Para se inscrever, é preciso enviar currículo, diploma de graduação, duas cartas de referência, proposta detalhada de pesquisa, cinco exemplos de artigos científicos publicados e comprovante de proficiência em inglês ou chinês. As inscrições vão até 31 de março e podem ser feitas pelo site.​