Mercado fechará em 17 mins

Carlo Acutis, morto há 14 anos, tem corpo exposto antes de virar santo e conservação impressiona

Redação Notícias
·3 minutos de leitura

Prestes a ser beatificado, o túmulo onde está sepultado o adolescente italiano Carlo Acutis, morto aos 15 anos, foi aberto a visitação do público nesta quinta-feira (1º), no Santuário de Espoliação em Assis, na Itália.

Acutis faleceu de leucemia em 2006 e sua beatificação está marcada para o próximo dia 10. Com um histórico de vida de criação católica na Itália, Acutis tornou-se conhecido ao visitar locais onde ocorreram milagres eucarísticos ao redor do mundo, documentar e catalogá-los em um site que ele mesmo criou.

Com o sepulcro aberto, o estado de conservação do corpo impressionou, já que parece que o adolescente não sofreu decomposição mesmo após 14 anos de seu falecimento. Nas imagens divulgadas, Acutis aparece vestido de calça jeans e casaco de moletom, e com um terço nas mãos.

Leia também:

Reitor do Santuário de Espoliação, o padre Carlos Acácio Gonçalves Ferreira explicou que o corpo de Acutis não está 100% intacto, mas “em um estado muito íntegro”, com todos os órgãos conservados.

“Já fizeram trabalhos sobre o rosto, mas é bonito que pela primeira vez na história será possível ver um santo vestido de calça jeans, tênis e moletom. Isso é uma grande mensagem. Podemos sentir sua santidade não como uma coisa distante, mas como algo ao alcance de todos porque o Senhor é o Senhor de todos”, expressou Ferreira.

Beatificação de Carlos Acutis está marcada para acontecer no próximo dia 10. (Foto: Venerabile Carlo Acutis/ Facebook / Reprodução)
Beatificação de Carlo Acutis está marcada para acontecer no próximo dia 10. (Foto: Venerabile Carlo Acutis/ Facebook / Reprodução)

A cerimônia de beatificação de Carlo Acutis será realizada na Basílica de São Francisco, em Assis. No entanto, o corpo permanecerá no Santuário de Espoliação e somente uma relíquia - um objeto simbólico da santidade de Acutis - será levada ao local. São esperadas cerca de 3 mil pessoas no local.

“No dia da beatificação levaremos uma relíquia ao local da celebração, mas o seu corpo ficará aqui até 17 de outubro”, afirmou bispo de Assis, Dom Domenico Sorrentino. “Para a beatificação são esperadas mais de 3 mil pessoas. E os pedidos de participação são contínuos porque há muitas pessoas em todas as partes do mundo que conhecem esta história e se sentem atraídas por ela”, completa dom Sorrentino.

Após a beatificação, o corpo de Acutis permanecerá aberto a visitação até o dia 17. No final, o túmulo do beato será fechado.

BEATIFICAÇÃO

Nascido no Reino Unido, mas com pais italianos, Carlo Acutis tornou-se conhecido ao documentar e catalogar milagres eucarísticos e postá-los em um site. As visitas aos locais onde os milagres ocorreram começaram a partir dos 11 anos, em 2002, e seguiram até 2005, meses antes de sua morte por leucemia, em outubro de 2006.

Em 2013, mesmo ano em que o processo de beatificação começou, Acutis foi intitulado como um Servo de Deus- o primeiro estágio no caminho para a santidade. Em julho de 2018, o Papa Francisco exaltou sua vida de virtude heróica e nomeou-o como “venerável”. A beatificação foi autorizada pelo Papa Francisco em fevereiro deste ano.

Ele é conhecido como padroeiro dos Estudantes e da Juventude.