Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.497,02
    -1.317,01 (-1,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.792,91
    -3,39 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,72
    -3,23 (-4,62%)
     
  • OURO

    1.775,00
    -10,20 (-0,57%)
     
  • BTC-USD

    57.509,14
    -529,70 (-0,91%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.467,37
    +24,59 (+1,70%)
     
  • S&P500

    4.572,94
    -82,33 (-1,77%)
     
  • DOW JONES

    34.500,55
    -635,39 (-1,81%)
     
  • FTSE

    7.059,45
    -50,50 (-0,71%)
     
  • HANG SENG

    23.475,26
    -376,98 (-1,58%)
     
  • NIKKEI

    27.821,76
    -462,16 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.142,00
    -248,75 (-1,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3767
    +0,0475 (+0,75%)
     

Jovem de 19 anos fatura R$ 700 mil com empresa de design

·2 min de leitura
Antes de alcançar o sucesso, Eduarda Alves cometeu alguns erros. Foto: Getty Images.
Antes de alcançar o sucesso, Eduarda Alves cometeu alguns erros. Foto: Getty Images.
  • Empresa com direcionamento para o design e customização fatura R$ 700 mil;

  • A Montaart cria identidade visual de marcas e itens customizados de papelaria;

  • A empreendedora por trás do negócio já faturou R$ 138 com curso;

Eduarda Alves, de 19 anos, é fundadora da Montaart, empresa responsável pela criação de identidade visual de marcas. Com a elaboração de itens customizados, como cartões de visitas e panfletos, o negócio da jovem empreendedora faturou R$ 700 mil no último ano.

Parte do sucesso de Eduarda começou em 2018, quando tinha apenas 16 anos. Na época, a mãe da adolescente pediu para a própria criar uma logo para sua empresa de marmitas saudáveis. O resultado, que deu certo, foi elogiado por muitas pessoas.

Leia também:

Se a empresa funciona atualmente, é porque alguns erros foram cometidos no decorrer da jornada. Um desses equívocos foi a forma inicial de Eduarda buscar clientela para o negócio.

Segundo a jovem, mandava-se por volta de 200 mensagens para páginas de empresas nas redes sociais, oferecendo os serviços da Montaart. Como efeito, por exemplo, em determinado momento, as poucas respostas recebidas eram negativas.

Uma das saídas foi aumentar o portfólio artístico do negócio, informando também o valor das produções, que, no caso das logos, era de R$ 25. Outra ideia foi usar tráfego pago para impulsionar as publicações. Com dois meses, a Montaart já contava com mais ou menos 100 pessoas esperando por um serviço.

Com o crescimento da procura, Eduarda buscou mais pessoas para auxiliar no negócio. Outro tino da empresária foi perceber a demanda por serviços de papelaria.

Mais um ponto de referência que destaca a Montaart de concorrentes são os pacotes diferenciados, como os básicos, para empresas que estão começando, e os mais complexos, para marcas maiores. A empreitada de Eduarda também inovou pela possibilidade de uma flexibilidade do reembolso ao clientes que não se sentirem satisfeitos com o resultado.

Em julho de 2020, a empreendedora criou um curso com conteúdo advindo da experiência com a Montaart, faturando R$ 138 mil no último ano.

As informações são do Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos