Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,06 (-0,10%)
     
  • OURO

    1.777,30
    -2,90 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    55.944,49
    -5.281,22 (-8,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,61 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,67 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    -5,50 (-0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6842
    -0,0369 (-0,55%)
     

Jornalista critica academias e lembra que, em caso de Covid, caixão é lacrado: "Ninguém vai ver seu corpo bombado"

Bárbara Saryne
·2 minuto de leitura
Fábio William falou sobre a pandemia no 'DFTV' (Foto: Reprodução/Globo)
Fábio William falou sobre a pandemia no 'DFTV' (Foto: Reprodução/Globo)

Fábio William, apresentador do 'DFTV', deu um show de sinceridade na edição desta terça-feira (6). O jornalista leu mensagens de internautas no telão e reagiu especificamente ao comentário de um telespectador. Na mensagem, o homem denunciava uma academia que segue aberta no período de restrição da pandemia.

"Se a academia não cumpre a lei não é confiável. Vc vai fazer academia para quê? Para ter mais saúde. Não adianta ir para ter saúde e morrer de Covid. O caixão é lacrado e ninguém vai ver seu corpo bombado lá dentro", disparou Fábio, surpreendendo quem acompanhava o noticiário ao vivo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A crítica do jornalista logo ganhou destaque nas redes sociais. Internautas compartilharam o vídeo e parabenizaram o apresentador pela postura. 

Leia também

Nos últimos dias, inclusive, Fábio tem sido muito elogiado pelas sacadas ao vivo. O apresentador, por exemplo, chamou atenção ao associar o 'BBB' com a situação do país. "Quem deve ser eliminado é o ritmo lento da vacinação", disse ele, que usou o espaço para reforçar a importância da imunização.

Jornalistas estão perdendo a paciência

Os profissionais da comunicação estão sendo diariamente atacados nas redes sociais por causa das pautas que giram em torno da pandemia. Carla Vilhena, da CNN Brasil, desabafou a respeito disso no fim de março.

"Também estamos aqui sofrendo. Quero que você que está em casa neste momento preste bastante atenção. Você tem mais de 400 pessoas esperando por uma UTI no Rio Grande do Sul. Essas pessoas não estão esperando para chupar uma bala nem para comprar pipoca. Elas estão lutando pela vida. Essa é a realidade que estamos passando agora", afirmou.

Vilhena garantiu que jornalista também estão passando por um momento difícil e querem passear na praia, curtir um pagode, visitar a família. Ela explicou que gostaria de falar sobre outros assuntos, mas seu papel é informar e não levar entretenimento para o público.

"Estamos querendo trazer informações confiáveis. A gente não está aqui para agradar você. A gente está aqui para trazer verdade. Nós estamos sendo pressionados e também estamos desesperados com muita gente que não está conseguindo captar a gravidade da situação que nós estamos vivendo", garantiu.