Mercado fechado

John McFall | Conheça a 1ª pessoa com deficiência física a se tornar astronauta

A Agência Espacial Europeia (ESA) anunciou nesta quarta-feira (23) os 17 membros de nova classe de astronautas, selecionados em meio a mais de 22 mil candidatos. O novo grupo inclui John McFall, cirurgião britânico que se tornou o primeiro astronauta com deficiência física já selecionado.

McFall teve sua perna direita amputada quando sofreu um acidente de motocicleta aos 19 anos. Hoje, ele é cirurgião, e já representou a Grã Bretanha e Irlanda do Norte como corredor paralímpico. Na ESA, ele vai participar do Projeto de Viabilidade de Parastronautas, focado na inclusão de astronautas com deficiências físicas em voos espaciais e em possíveis missões futuras.

John McFall participará de um projeto de inclusão para astronautas com deficiência (Imagem: Reprodução/ESA - P. Sebirot)
John McFall participará de um projeto de inclusão para astronautas com deficiência (Imagem: Reprodução/ESA - P. Sebirot)

Entre outros selecionados, estão a piloto e engenheira Sophie Adenot, da França, junto do engenheiro aeroespacial Pablo Álvarez Fernández, da Espanha. Eles se juntaram à astrônoma Rosemary Coogan, do Reino Unido, ao engenheiro biomédico Raphaël Liégeois, da Bélgica, e ao médico suíço Marco Sieber.

Josef Aschbacher, diretor da ESA, celebrou a seleção. “Hoje damos as boas vindas aos 17 membros da nova turma de astronautas da ESA”, disse”. “Esta turma traz ambição, talento e diversidade em formas muito diferentes, para impulsionar nossas empreitadas e nosso futuro”, disse.

A ESA revelou também os novos astronautas que vão compor o grupo de reservas da agência espacial, formado por profissionais que finalizaram o processo seletivo, mas que não foram escolhidos para atividades em tempo integral. Assim, a nova classe inclui cinco astronautas de carreira, 11 de reserva e um com deficiência física.

Os 17 astronautas candidatos que formam a nova classe da ESA (Imagem: Reprodução/ESA - P. Sebirot)
Os 17 astronautas candidatos que formam a nova classe da ESA (Imagem: Reprodução/ESA - P. Sebirot)

Agora, os novos candidatos vão seguir para o Centro Europeu de Astronautas, na Alemanha. Lá, eles serão treinados conforme os requisitos estabelecidos pelos parceiros do programa da Estação Espacial Internacional. Quando finalizarem o treinamento básico, eles vão estar prontos para entrar na fase de treinamentos para missões na estação.

Esta é a primeira seleção de astronautas realizada pela ESA em mais de uma década. O processo seletivo foi anunciado no ano passado, e rendeu a inscrição de mais de 17 mil homens e 5397 mulheres. A vaga de parastronauta, aberta para pessoas com deficiência nos membros inferiores, recebeu 257 candidatos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: