Mercado fechará em 1 h 50 min
  • BOVESPA

    123.108,24
    +592,50 (+0,48%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.343,34
    +473,86 (+0,93%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,59
    -0,67 (-0,94%)
     
  • OURO

    1.813,10
    -9,10 (-0,50%)
     
  • BTC-USD

    37.790,15
    -1.927,57 (-4,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    922,56
    -20,88 (-2,21%)
     
  • S&P500

    4.415,61
    +28,45 (+0,65%)
     
  • DOW JONES

    35.059,35
    +221,19 (+0,63%)
     
  • FTSE

    7.105,72
    +24,00 (+0,34%)
     
  • HANG SENG

    26.194,82
    -40,98 (-0,16%)
     
  • NIKKEI

    27.641,83
    -139,19 (-0,50%)
     
  • NASDAQ

    15.023,00
    +70,25 (+0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1972
    +0,0531 (+0,86%)
     

Jogos Olímpicos: membro da delegação de Uganda apresentou variante Delta da Covid-19

·1 minuto de leitura

Ao longo desta última semana, o Governo Japonês tem monitorado a chegada das comissões internacionais ao país, para a realização dos Jogos Olímpicos no próximo mês. Após a confirmação de que dois membros da delegação de Uganda testaram positivo para a Covid-19, nesta sexta-feira, Tamayo Marukawa, ministro Olímpico, anunciou que um deles, o técnico, apresentou a nova variante Delta, que apresenta maior taxa de transmissão.

As equipes de Uganda chegaram ao Japão no último sábado e o primeiro infectado, um treinador, foi diagnosticado no desembarque, no Aeroporto Internacional de Narita, em Tóquio; o segundo, um atleta, foi confirmado nesta quarta-feira, 23; o grupo, formado por oito pessoas, está em quarentena.

Marukawa explicou que o outro caso é analisado, para confirmar se também não é a variante e que está em contato com outros ministérios para estudar como conduzir o caso. A delegação está no município de Izumisano, localizado perto de Osaka, que abriga a delegação.

Outros casos

Na última quinta-feira, o jornal japonês "Mainichi Shimbun" reportou que mais quatro casos do novo coronavírus foram confirmados entre atletas oficiais e estrangeiros, que chegaram ao país para os Jogos Olímpicos.

De acordo com o governo, os diagnosticados foram: um francês que chegou em fevereiro; um egípcio, em abril; um de Sri Lanka, em maio e de Gana, em junho.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos