Mercado fechará em 2 h 41 min

Jogador do Irã chora com eliminação na Copa do Mundo, agradece apoio da torcida e afirma: 'Boa lição para nós'

(Volante Ezatolah ficou bem abalado com a eliminação (Foto:Fadel Senna / AFP)


O Irã se despediu da Copa do Mundo nesta terça-feira, após a derrota para os Estados Unidos por 1 a 0 no confronto direto pela segunda vaga do Grupo B para as oitavas de final.

A seleção iraniana precisava apenas de um empate para avançar, e viu os adversários superiores no primeiro tempo, mas melhorou no segundo e quase conseguiu o empate em alguns lances.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O volante Ezatolah que ficou abalado com a eliminação, agradeceu o apoio e pediu desculpas aos torcedores no fim do jogo.

- Antes de tudo, quero agradecer a todos os nossos torcedores, que hoje nos apoiaram como sempre. A única coisa que posso dizer a eles que realmente sinto muito. Em nome dos antigos jogadores e do nosso grupo, não tivemos a oportunidade de nos classificar para a próxima fase. Mas o futebol e a vida estão acontecendo, então, isso pode ser uma boa lição para nós. Pelo menos para os nossos jovens jogadores, como eu, e para o futuro. Espero que os nossos fãs e nosso povo no Irã nos perdoem - disse o jogador.

Esta foi a sexta participação dos iranianos em Mundiais e mais uma vez a seleção não conseguiu avançar às oitavas. Fora das quatro linhas, ainda teve protesto da torcida pelos direitos das mulheres que geram conflitos no país, além de vaias da própria torcida. Apesar disso, houve comemoração na vitória contra o País de Gales, a primeira contra time europeus, na segunda rodada.