Mercado abrirá em 6 h 19 min

Joesley e Wesley Batista evitaram prejuízo milionário ao vender ações da JBS

Reprodução

A decisão de vender antecipadamente as ações da JBS pertencentes à FB participações, Joesley e Wesley Batista conseguiram evitar um prejuízo de R$ 138 milhões. A venda aconteceu antes de o acordo de delação premiada, negociado com a Procuradoria Geral da República, ser anunciado.

A informação é de delegados da Polícia Federal, que revelam que os Batista, que possuem 42,5% da empresa, decidiram vender R$ 372 milhões em ações, ao mesmo tempo em que a JBS recomprou ações de sua própria companhia.  A medida evitou que o excesso de papeis no mercado desvalorizasse as ações e, consequentemente, a JBS.

 A Polícia Federa revela que, além de evitarem prejuízos, os irmãos lucraram milhões com a compra de dólares antes de o acordo de delação premiada ser noticiado, já que a moeda teve valorização de 9% no período. Os delegados esperam agora um relatório final da Comissão de Valores Mobiliários para calcular o prejuízo total evitado.

O uso de informações privilegiadas para obter vantagem tem pena de um a cinco anos de prisão e multa de até três vezes o valor do que foi obtido com o crime.