Mercado abrirá em 1 h 25 min
  • BOVESPA

    122.937,87
    +1.057,05 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.371,98
    +152,72 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,37
    +0,10 (+0,15%)
     
  • OURO

    1.867,10
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    45.614,19
    +295,80 (+0,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.267,85
    +69,93 (+5,84%)
     
  • S&P500

    4.163,29
    -10,56 (-0,25%)
     
  • DOW JONES

    34.327,79
    -54,34 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.068,45
    +35,60 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    28.593,81
    +399,72 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.373,00
    +69,50 (+0,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4410
    +0,0311 (+0,49%)
     

Joe Biden ataca bilionários e promete taxar os super ricos

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
O democrata Joe Biden. (Foto: Melina Mara/The Washington Post via AP, Pool)
O democrata Joe Biden. (Foto: Melina Mara/The Washington Post via AP, Pool)
  • Joe Biden detalhou plano de recuperação econômica dos Estados Unidos.

  • Ele prometeu aumento de impostos para os mais ricos.

  • Biden destacou importância de se investir em alta tecnologia.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, falou à nação durante um discurso no Congresso americano, e focou na economia do país – detalhando medidas que ele considera essenciais para o seu desenvolvimento nos próximos anos.

Leia também:

O governo Biden negocia atualmente uma série de estímulos que promete injetar trilhões de dólares na economia, por meio de incentivos a projetos de infraestrutura, de geração de empregos, e de cheques distribuídos para a população, afetada pela crise econômica do coronavírus.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

As informações são de reportagem do jornal O Estado de S.Paulo.

Tecnologia e impostos

Segundo Biden, 160 milhões de cheques já foram distribuídos à população, que têm, na fala do presidente, objetivo de reduzir a pobreza no país.

O presidente destacou ainda a importância de se investir em tecnologia, sugerindo que nos próximos 10 anos, a inovação vai avançar mais que nas últimas cinco décadas. Ele destacou áreas como biotecnologia e veículos elétricos.

Mas Biden aproveitou sua fala também para alfinetar os super ricos, bilionários americanos. Ele anunciou uma elevação de impostos para quem tiver mais de US$ 1 milhão de ganhos de capital por ano:

"O corte de impostos de 2017 elevou o déficit público em US$ 2 trilhões e colocou bilhões no bolso de CEOs", disse o presidente. "Com a pandemia, a desigualdade social piorou. Foram cortados 20 milhões de empregos, enquanto 650 bilionários elevaram suas rendas em total de US$ 1 trilhão."

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube