Mercado fechará em 6 h 23 min
  • BOVESPA

    97.812,83
    -729,12 (-0,74%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.524,45
    -537,16 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,57
    +2,81 (+2,66%)
     
  • OURO

    1.793,90
    -13,40 (-0,74%)
     
  • BTC-USD

    19.308,73
    +180,03 (+0,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    415,04
    -5,10 (-1,21%)
     
  • S&P500

    3.777,74
    -7,64 (-0,20%)
     
  • DOW JONES

    30.739,06
    -36,37 (-0,12%)
     
  • FTSE

    7.166,98
    -2,30 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.491,00
    -38,50 (-0,33%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5391
    +0,0335 (+0,61%)
     

Joe Biden assina pacote de ajuda de quase R$ 200 bilhões à Ucrânia

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou neste sábado (21) um pacote de ajuda de US$ 40 bilhões para a Ucrânia. Foto: SAUL LOEB/AFP via Getty Images.
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou neste sábado (21) um pacote de ajuda de US$ 40 bilhões para a Ucrânia. Foto: SAUL LOEB/AFP via Getty Images.
  • O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou neste sábado (21) um pacote de ajuda de US$ 40 bilhões para a Ucrânia;

  • O financiamento deve ser usado para apoio econômico geral, assistência militar e enfrentamento da escassez de alimentos pelos próximos cinco meses;

  • O auxílio foi aprovado com apoio dos democratas e da grande maioria dos republicanos na Câmara e no Senado.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou neste sábado (21) um pacote de ajuda de US$ 40 bilhões, cerca R$ 195 bilhões na cotação atual, para a Ucrânia. O novo financiamento visa apoiar o país do leste europeu na sua economia em geral, na assistência militar e no enfrentamento da escassez de alimentos pelos próximos cinco meses.

Leia também:

O auxílio foi aprovado com apoio dos democratas e da grande maioria dos republicanos na Câmara e no Senado. O valor é bem superior ao pacote anterior, de US$ 13,6 bilhões, aprovado em março.

A novo auxílio inclui US$ 20 bilhões para assistência militar, US$ 8 bilhões para combate à escassez de alimentos e mais de US$ 1 bilhão para ajudar os refugiados. Parte do financiamento também deve ser destinado a veículos de guerra e à defesa antiaérea.

A confirmação de que Biden havia assinado o projeto de lei aconteceu durante jantar de Estado realizado com o presidente sul-coreano Yoon Suk Yeol. O presidente dos EUA assinou o pacote de ajuda mais cedo neste sábado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos