Mercado fechará em 2 h 43 min
  • BOVESPA

    130.295,47
    +854,44 (+0,66%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.262,51
    -23,95 (-0,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,11
    +0,20 (+0,28%)
     
  • OURO

    1.865,80
    -13,80 (-0,73%)
     
  • BTC-USD

    40.043,98
    +3.019,92 (+8,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.001,13
    +32,29 (+3,33%)
     
  • S&P500

    4.235,72
    -11,72 (-0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.231,73
    -247,87 (-0,72%)
     
  • FTSE

    7.146,68
    +12,62 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.053,25
    +59,00 (+0,42%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1371
    -0,0555 (-0,90%)
     

Joe Biden amplia lista de empresas chinesas proibidas nos EUA

·1 minuto de leitura
Joe Biden amplia lista de empresas chinesas proibidas nos EUA
Joe Biden amplia lista de empresas chinesas proibidas nos EUA

Muitas pessoas acreditavam que após a posse de Joe Biden as relações internacionais seguiriam rumos mais tranquilos. Mas quando se trata das restrições de investimentos a empresas chinesas, Biden preferiu seguir os passos de Donald Trump.

O atual presidente assinou um decreto que aumentou a lista de empresas que não podem mais receber investimentos norte americanos. Eram 48 e agora são 59 companhias na “lista negra”. As novas restrições começam a valer no dia 2 de agosto.

Empresas como a China Mobile, de telecomunicação, a Huawei , fabricante de smartphones e Hikvision, de videovigilância, estão entre as banidas.

Apesar de dar seguimento a algumas políticas do ex-presidente, Joe Biden ainda não deixou claro como vai lidar com a possível proibição do TikTok nos Estados Unidos. Vamos acompanhar.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!