Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.040,22
    +135,28 (+0,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

Jim Carrey desembolsa R$ 195 mil por NFT de sanatório da União Soviética

Jim Carrey  comentou sobre a aquisição no Twitter (Getty Image)
Jim Carrey comentou sobre a aquisição no Twitter (Getty Image)
  • O artista desembolsou quase US$ 40 mil (R$ 195 mil) pela arte digital

  • As imagens tiveram a iluminação mexida digitalmente e passaram a ter som

  • Koopmans ficou aimado em saber da aquisição do ator

Até Jim Carrey entrou para a lista de artistas que decidiram investir em NFT. O ator pagou quase US$ 40 mil (R$ 195 mil na cotação atual) pela arte digital "Devotion", que retrata um sanatório da era soviética em ruínas e tomado por vegetação na Geórgia.

A descrição da peça diz que "entre as décadas de 1940 e 1980, milhares de pessoas visitaram o local, incluindo Stalin e altos funcionários de Moscou. Quando a União Soviética entrou em colapso, os prédios ficaram desertos e caíram em ruínas.

Desde o início da década de 1990, os edifícios foram lentamente desmantelados e despidos dos materiais valiosos, deixando cascas vazias do que antes eram estruturas clássicas grandiosas.

A arte faz parte de uma série com 13 trabalhos de Ryan Koopmans e Alice Wexell, que fotografaram prédios abandonados na área da extinta União Soviética. As imagens tiveram a iluminação mexida digitalmente e passaram a ter som.

"Obrigado por capturar suavemente a reinvenção requintada e implacável da natureza. É meu primeiro NFT", escreveu Carrey no Twitter.

O artista canadense-holandês Koopmans disse ao The Post que ficou empolgado ao saber que Carrey foi quem comprou sua peça.

“É muito emocionante saber que Jim Carrey era o colecionador, pois eu o respeito muito como um artista multidisciplinar!” disse Koopmans. “Jim Carrey é um pintor, ilustrador e artista incrível por direito próprio. É divertido que alguém que defende a criatividade, a positividade e a atenção plena se conecte com o trabalho que Alice e eu criamos ao longo de vários anos e, portanto, está muito próximo do meu coração.”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos